terça-feira, 17 de janeiro de 2017

São Paulo 463 anos

As bibliotecas municipais participam do aniversário de 463 anos da cidade de São Paulo no dia 25 de janeiro. Veja a programação São Paulo, uma cidade de muitas histórias.

Em comemoração aos 463 anos da Cidade de São Paulo, as bibliotecas da cidade oferecem aos paulistanos uma programação diversificada.


CINEMA

Olhar instigado
Documentário, Brasil, 2015, 71 min., DVD
Direção: Chico Gomes e Felipe Lion
Três artistas se apropriam do espaço público e apresentam sua visão e sua forma de manifestá-la nas ruas da maior cidade da América do Sul: Olhar Instigado é o retrato da criação na vida dos artistas e da situação que a cidade de São Paulo vive. 
Após a exibição haverá bate-papo com os diretores.
Dia 23 (seg), às 18h  Biblioteca Alceu Amoroso Lima

Cine-aniversário de São Paulo
A mostra apresenta um panorama da cidade por meio de filmes sobre bairros paulistanos.

Sessão 1
Maria e Guilherme – a história de duas vilas
Dia 23 (seg), às 14h

Sessão 2
Santana em Santana

Dia 24 (ter), às 14h
Sessão 3
Doces lembranças – histórias saborosas do Pari
Dia 26 (qui), às 14h

Sessão 4
Jaçanã e o Adoniran
Dia 27 (sex), às 14h


Sessão 1
Perus: O Bairro que Construiu o Brasil 
Brasilândia: Distrito Brasilândia e suas histórias 
Pirituba: Terminal Pirituba
Freguesia do Ó: Cenas de um bairro, histórias de uma Cidade
Vila Maria: Maria e Guilherme – A história de duas Vilas
Brasil, 2006, 130 min., DVD
Dia 19 (qui), às 14h30

Sessão 2
Ermelino Matarazzo: Ermelino é Luz
Guaianases: Expresso Ururaí-Lajeado
Itaquera: Itaquera em movimentos
Tatuapé: Caminho do Tatu
Anhangabaú: Sala de visitas de São Paulo
Brasil, 2008, 130 min., DVD
Dia 26 (qui), às 14h30


CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

Histórias que a cidade conta
Com Odenir Vinhato e Silvania Possato Medeiros
Dia 26 (qui), às 14h30  Biblioteca Jamil Almansur Haddad

São Paulo contada em histórias
Com Fernanda Araujo, Marcia Pereira e Marlene Oliveira
Dia 28 (sáb), às 10h  Biblioteca Camila Cerqueira César


EXPOSIÇÃO

Botinadas escrituras para informação das criaturas!
Exposição do precioso acervo sobre Santo Amaro, com livros, revistas, álbuns e fotografias.
De 19 a 31 (seg a sáb)  Biblioteca Prefeito Prestes Maia

Exposição de livros sobre a cidade de São Paulo
23 a 31 (seg a sex) – Biblioteca Jovina Rocha Álvares Pessoa
23 a 31 (seg a sex) – Biblioteca Milton Santos
23 a 31 (seg a sex) – Biblioteca Hans Christian Andersen
23 a 31 (seg a sex) – Biblioteca Affonso Taunay

Exposição bibliográfica sobre a história de São Paulo
De 21 a 31 (seg a sex) – Biblioteca Rubens Borba Alves de Moraes

Mostra de imagens: Santo Amaro de antigamente
Mostra de fotos sobre Santo Amaro Antigo em comemoração ao 465º aniversário do bairro.
16 a 31 de janeiro – Biblioteca Belmonte

Exposição de livros do acervo que retratam São Paulo desde sua origem até os dias atuais.
  

MEDIAÇÃO DE LEITURA

Chá com Leitura
Mediação com temas da cidade por meio de livros infantis e outros que contam a historia de São Paulo e sua formação étnica cultural. 
Dia 24 (ter), às 15h  Biblioteca Paulo Setúbal

Mediação de Leitura
Leitura de obras de Lygia Fagundes Telles, Alessandro Buzo e Antônio Prata.
Dias 23, 24, 26 e 27, às 15h  Biblioteca Jamil Almansur Haddad

Mediação de Leitura
Dias 23, 24, 26 e 27, das 14h às 16h  Biblioteca Milton Santos

Mediação de Leitura
Mediação de livros, contos, crônicas e poesias sobre São Paulo.
Dia 26 (qui), às 14h30 – Biblioteca Raimundo de Menezes


MÚSICA

Histórias cantadas, músicas contadas
Com Lilian Bernardo, Lindener Pareto, Eduardo Padovan e Valdinei Silva Papa
Serão apresentadas e cantadas a História da Música Brasileira, com músicas históricas de são Paulo.
Dia 21 (sáb), às 16h – Biblioteca Cassiano Ricardo


ENCONTROS

Das quitandeiras ao Mercadão, a rota de abastecimento da cidade
Com Célia Pescuna | Guia de Turismo Cultural
Conversa sobre a história e a rota de abastecimento da cidade.
Dia 24 (ter), às 10h  Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato

Nossos bairros
Com Vera Lúcia Dias | Guia de Turismo Cultural
Conversa sobre a história da cidade.
Dia 24 (ter), às 15h  Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato

São Paulo a cidade marrom
Com Sandra Maria Marciano e Taís Freitas de Souza
Bate-papo com as educadoras a respeito das origens arquitetônicas da cidade de São Paulo.
Dia 24 (ter), às 15h – Biblioteca Affonso Taunay

Roda de poesia e reencantamento
Com Hamilton Faria
Conversa sobre poesia permeada por leitura de textos e poemas de autores paulistanos, dos participantes da roda e do autor convidado.
Dia 26 (qui), às 14h – Biblioteca Alceu Amoroso Lima


TEATRO

Somos todos muitos – Retratos de São Paulo
Com o Coletivo Limões do Amoroso
Leitura dramática inspirada na obra de Luiz Rufatto “Eles Eram Muitos Cavalos” com uma proposta intimista, a performance sugere uma reflexão sobre o agitado cotidiano da metrópole. 
Dia 24 (ter), às 20h  Biblioteca Alceu Amoroso Lima


EVENTO ESPECIAL

Intervenção Cultural
Com os Coletivos Click, Cravo Branco, Reduto do Rap, Velho Malte e outros
Música, literatura, oficina de interpretação, arte urbana para crianças, grafite e sarau.
Dia 25 (qua), às 15h – Biblioteca Brito Broca


terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Destaque da programação: 2ª Quinzena de Janeiro

Cinema Cine-aniversário de São Paulo com as histórias dos bairros e As férias do pequeno Nicolau, Música Histórias cantadas e Músicas contadas, Encontro Literatura latino-americana contemporânea, e Sarau Café com Poesia são os destaques da programação da 2a. quinzena de janeiro de 2017.


CINEMA

As férias do pequeno Nicolau
18 de janeiro às 14h - Biblioteca Hans Christian Andersen

Cine-aniversário de São Paulo
O projeto História dos Bairros de São Paulo mostra um panorama da cidade por intermédio de seus filmes sobre bairros paulistanos.

Sessão 3
Brasil, 2006, 130 min., DVD
Perus: O Bairro que Construiu o Brasil
Brasilândia: Distrito Brasilândia e suas Histórias
Pirituba: Terminal Pirituba
Freguesia do Ó: Cenas de um Bairro, Histórias de uma Cidade
Vila Maria: Maria e Guilherme - A História de Duas Vilas
19 de janeiro às 14h30 - Biblioteca Cora Coralina

Sessão 4
Brasil, 2008, 130 min., DVD
Ermelino Matarazzo: Ermelino é Luz
Guaianases: Expresso Ururaí-Lajeado
Itaquera – Itaquera em Movimentos
Tatuapé – Caminho do Tatu
Anhangabaú – Sala de Visitas de São Paulo
26 de janeiro às 14h30 - Biblioteca Cora Coralina


MÚSICA


Histórias cantadas, músicas contadas
Com Lilian Bernardo, Lindener Pareto, Eduardo Padovan e Valdinei Silva Papa
Encontros especiais com a História da Música Brasileira através de uma narrativa cênica. Laurinha é uma aluna curiosa que sonha em ser cantora, enquanto o Professor Hilário elabora aulas bem humoradas dos acontecimentos históricos com ilustrações musicais.
21 de janeiro às 16h - Biblioteca Cassiano Ricardo


ENCONTRO

Mediação de leitura: Literatura latino-americana contemporânea
Com Sirley Lima de Alencar
O objetivo do projeto é promover o incentivo à leitura e ao compartilhamento de experiências literárias, proporcionando ao leitor brasileiro a possibilidade de identificar-se e situar-se como sujeito pertencente à cultura latino-americana. Os encontros serão mensais, na Biblioteca Camila Cerqueira César.

Janeiro é mês da Literatura centro-americana
Discussão do livro “Ventos de Quaresma”, de Leonardo Padura, ou de “A mulher Habitada”, de Gioconda Belli.
21 de janeiro às 13h - Biblioteca Camila Cerqueira Cesar


SARAU

Sarau Café com Poesia

28 de janeiro às 12h - Biblioteca Hans Christian Andersen

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

CINE-ANIVERSÁRIO DE SÃO PAULO NA CORA CORALINA

O projeto História dos Bairros de São Paulo mostra um panorama da cidade por intermédio de seus filmes sobre bairros paulistanos.

Sessão 1
Brasil, 2006, 130 min., DVD
Capela do Socorro: O Balneário Paulistano
Capão Redondo: Sintonia da Quebrada
Jabaquara: Terra de Contrastes
Brás: Sotaques e Desmemórias
Luz: A Cidade que nasce na Luz
5 de janeiro às 14h30

Sessão 2
Brasil, 2006, 130 min., DVD
São Miguel: Na Trilha de São Miguel
Itaim Paulista: Histórias da Pedra Pequena
Vila Matilde: Zona Leste Somos Nós
Cidade Tiradentes: Uma Cidade Chamada Tiradentes
Mooca: Partido Mooca
12 de janeiro às 14h30

Sessão 3
Brasil, 2006, 130 min., DVD
Perus: O Bairro que Construiu o Brasil
Brasilândia: Distrito Brasilândia e suas Histórias
Pirituba: Terminal Pirituba
Freguesia do Ó: Cenas de um Bairro, Histórias de uma Cidade
Vila Maria: Maria e Guilherme - A História de Duas Vilas
19 de janeiro às 14h30


Sessão 4
Brasil, 2008, 130 min., DVD
Ermelino Matarazzo: Ermelino é Luz
Guaianases: Expresso Ururaí-Lajeado
Itaquera – Itaquera em Movimentos
Tatuapé – Caminho do Tatu
Anhangabaú – Sala de Visitas de São Paulo
26 de janeiro às 14h30

Dicas de Leitura - Antropologia em foco

Antropologia filosófica, etnologia, etnografia, humanidades, civilização, história, sociedade primitiva e cultura são alguns dos assuntos abordados nas dicas de leitura de janeiro.

Leonardo Boff e a metáfora da condição humana, Malinowski com relato etnográfico do kula da Nova Guiné, Stefan Zweig e os instantes críticos da história, Friedrich Engels com interpretações de Lewis Morgan e Karl Marx sobre a análise materialista da história, Darcy Ribeiro e a formação do povo brasileiro, Margaret Mead com seu estudo antropológico de três tribos da Nova Guiné, e Lévi-Strauss com narrativa etnográfica sobre as sociedades indígenas do Brasil são os temas que abrem 2017 nas dicas de leitura das bibliotecas.
  


A águia e a galinha - Leonardo Boff
Apresenta uma metáfora da condição humana através da história de uma águia que, ao ser capturada por um camponês, foi criada junto às galinhas. Com o passar dos anos a águia vai se acostumando a essa condição e passa a acreditar que era uma galinha de verdade, até o dia que aparece um naturalista e a faz enxergar quem ela realmente era. Entre a defesa do naturalista de que a águia nunca poderia ter sua natureza alterada e o discurso do camponês sobre aceitação à nova vida de galinha que a ave de rapina foi sujeitada, o livro vai contando sobre a condição instintiva dos dois animais e sobre a própria condição humana.

Argonautas do Pacífico Ocidental - Bronisław Malinowski 
Relato do trabalho de campo do autor entre 1914 e 1918 nas Ilhas Trobriand, inaugurando um novo método de trabalho de campo: a etnografia.  Pela visão antropológica, mostra como acontece o kula, um sistema de trocas circular, místico e sem noção de posse permanente, que influencia a vida e as instituições dos nativos em sua quase totalidade. 

Momentos decisivos da humanidade - Zweig, Stefan
A obra dá vazão à formação filosófica do escritor. Neste ensaio o intelectual expõe a sua teoria a respeito dos instantes críticos da história - o sobrepujamento de momentos dramáticos, densos e portadores do destino em detrimento de anos, décadas de total marasmo e poucas resoluções. Em Momentos decisivos Zweig pontua estas diferentes épocas.

A Origem da Família, da Propriedade Privada e do Estado - Friedrich Engels
Friedrich Engels interpreta as investigações de Lewis Morgan e enriquece os estudos de Karl Marx sobre a análise materialista da história, facilitando a compreensão da estrutura da sociedade, desde o estado selvagem até a chegada da civilização 

O Povo brasileiro - Darcy Ribeiro
Aborda a história da formação do povo brasileiro, tratando das matrizes culturais e dos mecanismos de formação étnica e cultural do povo brasileiro, com opiniões e impressões formadas pela experiência da vida do autor.

Sexo e Temperamento - Margaret Mead
Estudo antropológico sobre a vida íntima de três tribos da Nova Guiné da infância à idade adulta, dando ênfase às qualidade de gentileza dos moradores de montanha do Arapesh, os ferozes e canibalistas Mundugumor, e os graciosos de Tchambuli. Mead expõe a teoria de que as chamadas qualidades masculinas e femininas não são baseadas em diferenças sexuais fundamentais e determinantes, mas reflete condicionamentos culturais de diferentes sociedades.

Tristes Trópicos - Claude Lévi-Strauss
É uma narrativa etnográfica romanceada, com excertos curiosos sobre sociedades indígenas brasileiras. Traz detalhes pitorescos das sociedades indígenas do Brasil central, discute as relações entre o Velho e o Novo Mundo, e o significado da civilização e do progresso. O livro lançou as bases da antropologia estrutural, na qual o antropólogo mostra que sistemas sociais considerados primitivos têm estrutura tão rigorosa quanto às culturas modernas.


Consulte o nosso catálogo online para saber em quais bibliotecas estão disponíveis estes e outros livros. Veja também a lista das bibliotecas pelas regiões de São Paulo.
Veja outras dicas de leitura.


Os temas das dicas de leitura são escolhidos ao acaso,  levando-se em conta o número expressivo de exemplares disponíveis nas bibliotecas.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Destaques da semana de 20 a 26 de dezembro

Cinema: Curtas infantis, O estranho mundo de Jack, Matrix, Projeto Vocacional: O rinoceronte, Encerramento.


CINEMA





Curtas Infantis 2
Maré capoeira (RJ, 2005, FIC/DOC, 15 min.) / Caçadores de Saci (BA, 2005, FIC, 13 min.) / Dona Cristina perdeu a memória (RS, 2002, FIC, 13 min.) / Paisagem de meninos (PR, 2003, fic, 25 min.)

O estranho mundo de Jack
Para entrar em clima de Natal
21 de dezembro às 14h - Biblioteca Hans Christian Andersen

Matrix
The Matrix, EUA, 1999, 136 min., DVD 
Direção: Lana Wachowski, Lilly Wachowski. Elenco:  Keanu Reeves, Laurence Fishburne, Carrie-Anne Moss.
Em um futuro próximo, Thomas Anderson, um jovem programador de computador que mora em um cubículo escuro, é atormentado por estranhos pesadelos nos quais encontra-se conectado por cabos e contra sua vontade, em um imenso sistema de computadores do futuro. Para maiores de 12 anos.
22 de Dezembro às 14h30 - Biblioteca Cora Coralina


PROJETO VOCACIONAL


Apresentação do Grupo Ambedo - com a peça:  O Rinoceronte
Auditório da biblioteca.
12 anos.
24 de novembro às 19h - Biblioteca Alceu Amoroso Lima

Encerramento
Com uma mostra do processo com os participantes do vocacional da Unidade.
26 de dezembroBiblioteca Affonso Taunay

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Dicas de Leitura - Ferreira Gullar

Edição especial das dicas de leitura em homenagem ao poeta Ferreira Gullar que faleceu em 4 de dezembro de 2016.

Ferreira Gullar nasceu em São Luís, em 10 de setembro de 1930, com o nome de José Ribamar Ferreira. Foi poeta, crítico de arte, biógrafo, tradutor, memorialista e ensaísta brasileiro e um dos fundadores do neoconcretismo. Faleceu em 4 de dezembro de 2016 aos 86 anos.



CONTOS E CRÔNICAS

Cidades Inventadas
Reúne 25 contos curtos, onde o autor retrata cidades descritas como lendárias, com forte presença do misticismo, progresso e decadência, porém com características particulares, recriadas de lugares já existentes na história.

A estranha vida banal
Compilação de 47 crônicas escritas em diferentes épocas para o Jornal do Brasil e O Pasquim. Como o nome sugere, o mote do livro é exaltar pequenos detalhes do cotidiano.

Gamação
Protagonizado por Marcelo, Nila, Suzana e Jorge, o livro fala sobre os jovens e seus encontros e desencontros em relação aos seus conflitos internos e às suas paixões. Marcelo é apaixonado por Nila, de quem guarda apenas lembranças materiais e memórias, pois vive distante. O menino conhece Suzana e surge uma amizade íntima à medida em que confidenciam experiências de vida.


ENSAIOS

Cultura posta em questão - Vanguarda e subdesenvolvimento: ensaios sobre arte
Ferreira Gullar aparece como um intelectual e crítico de arte e nos traz dois ensaios; no primeiro comenta problemas da cultura nacional, como militante do Centro Popular de Cultura (CPC) da União Nacional dos Estudantes (UNE); no segundo questiona a universalidade no vanguardismo, e suas igualdades e diferenças nos países desenvolvidos e subdesenvolvidos.

Indagações de hoje
Este livro reúne textos escritos entre 1975 e 1987, onde o autor se volta para a conceituação de cultura brasileira, o problema da dependência cultural, a questão da vanguarda e as relações entre arte e ideologia. Dentre os textos escritos estão artigos, conferências, notas e uma longa observação sobre os temas propostos.


POESIA

Barulhos
Barulhos agrupa poemas escritos entre 1980 e 1987, quando o poeta fala sobre amigos perdidos e a redescoberta diária do corpo. Deixa-se levar por espantos, clarões líricos e doídos, volta-se para a morte de uma maneira real e não mais abstrata como em seus primeiros momentos de visões metafísicas.

Crime na Flora ou Ordem e Progresso
Escrito nos anos 50 e só publicado 30 anos depois é um livro-poema que mostra o lado experimental de Ferreira Gullar. Um corpo é encontrado, por diversas pessoas, por cima de umas flores; a obra vai girar em torno da reflexão desse corpo encontrado, da vida que se foi, dos restos do corpo apodrecendo e da possibilidade de se produzir vida nesta morte.

Dentro da Noite Veloz
Poesia engajada, marcada por um pessimismo contido, apreensivo com as necessidades de mudanças radicais no país, mostram a preocupação de denunciar o cotidiano sofrido pelas pessoas. Alguns poemas foram  escritos no Brasil, outros no exílio.

Em alguma parte alguma
Dividido em quatro partes, com 59 poemas, fala de diversos temas, entre eles, arte, exílio, existência, universo, e o ofício de ser poeta, e dá prosseguimento à reflexão poética sobre a existência.
 
Poema Sujo
Considerada a obra mais ousada de Ferreira Gullar, foi produzido durante seu exílio em Buenos Aires. Tomado pela tristeza da distância e da solidão, diante da impressão de que talvez fosse preso, até morto em pouco tempo, Gullar se viu tomado por uma necessidade convulsiva de escrever. Relembrando sua infância e lutando contra a dureza de expressar tudo que se passava em seu interior, o escritor preencheu 112 páginas de um poema ousado, belo e duro.

Um Gato chamado Gatinho
Ferreira Gullar não é dono de Gatinho, porque quando se trata de amizade a ideia de posse é completamente ausente. Quando se é amigo, é preciso ser verdadeiro, companheiro e cúmplice. Um gato chamado gatinho é uma homenagem do poeta a um amigo de longa data.


TEATRO

Um rubi no umbigo
A peça gira em torno de Vítor, menino que carrega um rubi encravado no umbigo. Por conta da pedra, Vitor se torna alvo da cobiça de todos que estão a sua volta, representando a alienação do povo brasileiro que o reduz à condição simples de mercadoria. O conflito do enredo é em relação à extração desse rubi, o que pode trazer ao menino a morte ou a vida.



Consulte o nosso catálogo online para saber em quais bibliotecas estão disponíveis estes e outros livros. Veja também a lista das bibliotecas pelas regiões de São Paulo.


Os temas das dicas de leitura são escolhidos ao acaso,  levando-se em conta o número expressivo de exemplares disponíveis nas bibliotecas.