quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Reinauguração da Biblioteca Álvaro Guerra


Aproximar o leitor do livro e, consequentemente, das bibliotecas públicas. Essa é a missão do programa Biblioteca Viva, lançado pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC) em março deste ano. De lá para cá, o programa começou a ser implantado por meio de ações como incremento da programação artística e cultural, instalação de wi-fi livre em toda a rede, ampliação do horário de funcionamento e nova forma de exposição dos livros nas estantes, destacando as capas. Agora, o programa entra em sua nova fase.

Dia 21 de outubro às 11h, a Biblioteca Álvaro Guerra será reinaugurada como a primeira biblioteca-modelo projetada seguindo os eixos contemplados no programa Biblioteca Viva. O projeto prevê a reestruturação das 54 unidades que fazem parte do Sistema Municipal de Bibliotecas (SMB), dando uma atenção maior ao usuário, além de transformar estes locais em polos culturais mais atrativos para a comunidade.
“A Biblioteca-modelo é a vitrine de tudo o que iremos implantar em toda a cidade”, ressalta o secretário municipal de Cultura, André Sturm.

A nova ambientação da Biblioteca Álvaro Guerra, localizada em Pinheiros, conta com piso podotátil, banheiros acessíveis, wi-fi livre, mobiliário planejado para o público infantil, ilustrado pelo artista-plástico FÊ, pufes coloridos e mesas com tomadas para notebooks, proporcionando assim um espaço mais convidativo para a população. Nichos e cubos para exposição de livros, além de novos expositores de paredes, garantem ao público uma maior interação e aproximação com o acervo da unidade. Estes novos mobiliários possibilitam que cerca de 1.000 livros tenham suas capas voltadas para o público, facilitando o manuseio e despertando um maior interesse e curiosidade em descobrir as surpresas e tesouros que o acervo municipal disponibiliza à sociedade. Antes desta alteração na comunicação visual do espaço, apenas 50 livros eram expostos pela capa.

Para que esta mudança seja harmoniosa, a Secretaria Municipal de Cultura está promovendo treinamento continuado para seus bibliotecários, possibilitando uma dinâmica diferente no ambiente de trabalho, um maior conhecimento do acervo do local e, principalmente, a sensibilização para reconhecer e atender as necessidades dos frequentadores das unidades do SMB, que conta atualmente com 570.000 usuários cadastrados. Este treinamento consiste em visitas guiadas às livrarias, encontros entre equipes, aperfeiçoamento do uso das ferramentas disponíveis no sistema de cadastro de livros e usuários, dentre outras ações.

LIVROS NOVOS
O Biblioteca Viva também prevê a revisão do sistema de compras de livros, garantindo a chegada de títulos novos com mais brevidade às bibliotecas municipais e também uma política de descontos diferenciada com as editoras. A Biblioteca Álvaro Guerra promove a renovação de seu acervo, que conta com a compra de 300 títulos lançados entre os anos de 2016 e 2017 pela SMC e também com a doação de mais de 300 títulos de várias editoras. Dentre os destaques das doações estão as obras completas de Ziraldo e Maurício de Sousa.

PROGRAMAÇÃO CULTURAL
Como o programa Biblioteca Viva promove a convivência de várias manifestações artísticas dentro do mesmo espaço, no dia da reabertura, a população vai poder apreciar as apresentações do Theatro Municipal nas Bibliotecas no mesmo dia em que haverá o Clubinho do Livro, com a intervenção chamada de Caça ao Tesouro. Nestas atividades, o público será convidado a descobrir os tesouros na biblioteca que são os livros incríveis do acervo. A cada descoberta, os monitores abordam a história e convidam a plateia a participar falando sobre o autor e a obra.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Destaques do fim de semana - 21 e 22 de outubro

CIRCO: Mágica para as Crianças, Andarilhos, DANÇA: Percurssa Locking, INTERVENÇÃO ARTÍSTICA: Casinha de Rodas, Komboio Cultural, INTERVENÇÃO LITERÁRIA: Poesia no Espaço, MÚSICA: OBMJ Ataca, Theatro Municipal nas Bibliotecas, Carimbó nas Bibliotecas, Tresillo Trio, Bimboleta, Poin, Sambateca, SARAUS: Literatura Periférica: Veia e Ventania nas Bibliotecas de São Paulo, TEATRO: Drive–Thru Petit, Crime e Castigo, Artimanhas do arco–da–velha, Histórias de João

CIRCO


Mágica para as Crianças – e pra Família Toda!
Um show de mágica completamente interativo, envolvendo e prendendo a atenção de todos, com um toque de humor inteligente e um tanto de mágica ao acaso. Maico Silveira utiliza seu conhecimento de mímica, teatro, contação de histórias e, claro, de mágica! Para encantar e surpreender o público.
Dia 21 de outubro às 11h – Biblioteca Gilberto Freyre

Andarilhos
Dois andarilhos viajantes chegam a uma nova praça, onde são protagonistas numa roda de rua. A dupla apresenta uma série de números misturando música, dança, malabares e acrobacia. Inspirados nas cartas do Tarô, eles dão vida a personagens arquetípicos como o Louco, o Rei e a Morte.
Transformação, magia e muita cara–de–pau fazem parte da essência desses dois palhaços loucos. Um espetáculo divertido e surpreendente feito para um público de todas as idades.
Dia 21 de outubro às 11h – Biblioteca Raul Bopp
Dia 22 de outubro às 11h – Biblioteca Adelpha Figueiredo 

DANÇA

Percurssa Locking 
Percussa Locking é um grupo de dança urbana que proporciona uma junção entre dança popular e um olhar crítico-experimental sobre a referida arte, usando o corpo e a construção dos ritmos.
Dia 21 de outubro às 14h – Biblioteca Lenyra Fraccaroli 
Dia 22 de outubro às 13h – Biblioteca Biblioteca Brito Broca

INTERVENÇÃO ARTÍSTICA

Casinha de Rodas
Linguagem: infantil
Um micro–ônibus totalmente transformado em um espaço lúdico produzido com todo carinho para as crianças brincarem e viajarem na imaginação. O “Casinha de Rodas” foi montado usando materiais reciclados e sustentáveis, e os ambientes foram preparados para estimular a criatividade das crianças onde elas se surpreendem encontrando várias atividades dentro de um ônibus nas suas proporções. A arte educadora Renata Martins, idealizadora e produtora do Casinha de Rodas é quem, juntamente com sua equipe, realiza as viagens e coordena as visitas dos nossos pequenos viajantes ao ônibus.
Dia 21 de outubro às 10hBiblioteca Vicente de Carvalho
Dia 22 de outubro às 10hBiblioteca José Mauro de Vasconcelos 

Komboio Cultural
Komboio Cultural Fazendo Arte é uma ação itinerante destinada ao público infantil. Nela o grupo Zig Zag apresenta seu repertório de canções autorais e alegra a criançada com brincadeiras tradicionais interativas. Músicos e artistas circenses afirmam que brincar é coisa séria e convidam toda a família a se divertir. 
Dia 22 de outubro às 11hBiblioteca Raimundo de Menezes

INTERVENÇÃO LITERÁRIA

Poesia no Espaço
Contação de histórias (infantil).
Contação de histórias teatralizadas e muito contagiantes, que instigam crianças e até mesmo adultos. O cuidado estético, a música – com composições especialmente criadas para cada história e executados em cena – a delicadeza na abordagem dos temas e a interatividade são marcas do espetáculo. Fatores que tornam a contação uma experiência lúdica e educativa.
Dia 21 de outubro às 14hBiblioteca Paulo Setúbal

MÚSICA

OBMJ Ataca!
A Orquestra Brasileira de Música Jamaicana foi idealizada pelo músico e produtor Sérgio Soffiatti e o trompetista Felippe Pipeta em 2005 e fundada em 2008. No começo, a ideia principal era tocar músicas jamaicanas de raiz (ska, rocksteady e early reggae), então surgiu a ideia de tocar músicas brasileiras nesses estilos.
Com 2 discos lançados, a OBMJ apresenta seu terceiro álbum, o primeiro da Orquestra de composições autorais e com o tema voltado ao gênero Sci–Fi, aliás, o título é uma alusão ao nome do filme “Mars Attaca” (Marte Ataca) de Tim Burton. Este mais recente lançamento mantém os ritmos jamaicanos e a instrumentação característica do Ska.
Dia 21 de outubro às 10h – Biblioteca Érico Veríssimo

Theatro Municipal nas Bibliotecas
Dia 21 de outubro às 10h – Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet
Dia 21 de outubro às 11h30 – Biblioteca Ricardo Ramos
Dia 21 de outubro às 13h – Biblioteca Monteiro Lobato e Roberto Santos
Dia 22 de outubro às 9h30 – Biblioteca Pedro Nava
Dia 22 de outubro às 11h – Biblioteca Narbal Fontes e Thales Castanho de Andrade
Dia 22 de outubro às 12h30 – Biblioteca Nuto Sant'Anna
Dia 22 de outubro às 13h – Biblioteca Afonso Schmidt
Dia 22 de outubro às 14h30 – Biblioteca Jayme Cortez

Carimbó nas Bibliotecas
Com Grupo Carimbolando
A apresentação do Grupo Carimbolando é uma grande brincadeira musical. O ritmo contagiante não deixa ninguém parado e as músicas falam de cenas, costumes, personagens e bichos da região Norte. O grupo interpreta sucessos de Dona Onete, Pinduca, Mestre Lucindo e outros autores consagrados, transformando em festa o espaço onde se apresenta.
Dia 21 de outubro às 11h – Biblioteca Cassiano Ricardo 
Dia 22 de outubro às 11h – Biblioteca Álvares de Azevedo

Tresillo Trio
Um show de valorização da música e cultura latino americanas em versões instrumentais com gaita, violino, bandolim e violão. Tangos, boleros e música brasileira como ‘La Cumparcita’, ‘Sabor Ami’ e ‘Pedacinhos do Céu’.
Dia 21 de outubro às 11h – Biblioteca Aureliano Leite

Bimboleta Grande Mar da Amizade
Musical infantil.
Uma diversão para toda família. Neste show capitão Violão e Marinheira Violetta navegam por entre mares onde encontram–se com índios, princesas e palhaços. Convidando para um mergulho no universo lúdico Jaya e Violetta assumem diversos personagens enquanto cantam histórias cheias de aventura para crianças de todas as idades.
Dia 21 de outubro às 10h – Biblioteca Affonso Taunay
Dia 21 de outubro às 13h – Biblioteca José Paulo Paes
Dia 22 de outubro às 11h – Biblioteca Rubens Borba Alves de Moraes 

Poin - Pequena Orquestra Interativa
Musical infantil.
A POIN é um trabalho paralelo dos integrantes da cia cabelo de maria: um septeto formado por músicos que tocam violão, flauta, sosafone, acordeom, violino e percussão. É um espetáculo cuja principal característica a interatividade com o público, que é incluído de diferentes formas em todos os números musicais instrumentais apresentados, através de ações que explorem ritmo, afinação, coordenação motora e memória. E a diversão está garantida. O som da POIN é uma mistura de música dos bálcãs, klesmer, valsas malucas e música cigana. O ritmo é contagiante e é praticamente impossível assistir ao quarteto sem que o corpo inicie movimentos voluntários (ou não) ao compasso da música.
Dia 22 de outubro às 11h – Biblioteca Padre José de Anchieta

SAMBATECA

Em 1916, Ernesto Joaquim Maria dos Santos (Donga) compunha o “primeiro samba brasileiro”. A música “Pelo telefone” viria a fazer grande sucesso no carnaval do ano seguinte, momento em que o ritmo musical alcançou grande popularidade entre os brasileiros. Passados cem anos da obra de Donga, o samba hoje é considerado um símbolo da tradição cultural brasileira e reconhecido como Patrimônio da Humanidade.
Para comemorar e homenagear o Samba e a sua história, o Sistema Municipal de Bibliotecas de São Paulo apresenta o projeto SAMBATECA, levando diversos grupos de samba para as bibliotecas públicas da cidade. Os grupos confirmados para os meses de setembro e outubro são: “Conversa de Botequim”, “Casa Caiada”, “Samba do Cafofo” e” Núbia Maciel e os Divinos”.
As apresentações são gratuitas e com indicação livre.

Só Vendo Pra Crer
Grupo de Samba formado por seis integrantes com deficiência visual. 
Em um dia 3 de dezembro – Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, os seis amigos com carreira musical independente foram convidados para uma apresentação num Bar na região central de São Paulo.
Tamanha foi a aceitação do público que nesta data os amigos Alex, Rodrigo, Luís Carlos, Mariano, Romildo e Júlio decidiram unir–se para a formação do grupo de samba: Grupo Só Vendo para Crer.
Dia 21 de outubro às 14h – Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda
Dia 22 de outubro às 10h30 – Biblioteca Vinícius de Moraes

SARAUS


O projeto Veia e Ventania tem como objetivo levar atividades artísticas que dialogam com o universo da Literatura e do Livro para as Bibliotecas da periferia de São Paulo: os Saraus.
Os encontros são feitos por grupos ou coletivos de pessoas que, por meio da mediação e mobilização das comunidades de onde são realizados, proporcionam a aproximação do público com a leitura e a literatura brasileira, criando uma experiência cultural única em seus territórios.
O Projeto é uma realização da Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas em parceria com realizadores de Saraus que inclui grande programação nas diversas Bibliotecas Públicas da cidade. 
Todos os saraus são gratuitos e com indicação livre.

Sarau Verso em Versos
Dia 21 de outubro às 14h Biblioteca Amadeu Amaral

Sarau Clamarte
Dia 21 de outubro às 14hBiblioteca Malba Tahan

Sarau Sarauê
Dia 21 de outubro às 11hBiblioteca Malba Tahan

Sarau Poetas do Tietê
Dia 21 de outubro às 14hBiblioteca Álvares de Azevedo

Menor Slam do Mundo
Dia 21 de outubro às 16h – Biblioteca Alceu Amoroso Lima

Sarau Quinta em Movimento
Dia 21 de outubro às 14h Biblioteca Vicente Paulo Guimarães

TEATRO

Drive–Thru Petit
Espetáculo/intervenção em formato de lanchonete fast–food. O público dispõe de um menu com cinco opções de monólogos de até 4 min. As crianças fazem o seu pedido e assistem individualmente à sua peça dentro desta caixa acolhedora e cheia de segredos. Sob um prisma inovador e de forte humor, as temáticas dos monólogos perpassam questões de identidade, medos, amadurecimento e relação com o outro.
Dia 21 de outubro às 14h – Biblioteca Camila Cerqueira César
Dia 22 de outubro às 13h – Biblioteca Chácara do Castelo

Crime e Castigo
Monólogo imaginado como sequência do romance escrito por Fiódor Dostoievsky entre 1866 e 1871. Comemora os 150 anos da primeira edição dessa obra clássica. Aos 60 anos, Ródion Românovitch Raskólnikov faz um retrospecto de sua vida, marcada pelo assassinato de duas mulheres. Após cumprir a pena de oito anos de prisão na Sibéria, ele teve a oportunidade de reconstruir sua história, graças ao amor de Sôfia Semionóvna Marmeládova, carinhosamente chamada de Sônia ou Sonechca. Esse contexto encerra o romance original. O monólogo pretende situar Raskólnikov como homem maduro, trinta após ser libertado. Quando cometeu o crime, ele era um jovem estudante de Direito em Petersburgo. De temperamento melancólico e irritadiço, ele se vê obrigado a abandonar a escola aos 23 anos por causa da pobreza, e se torna obcecado por uma ideia sobre a relatividade da moral burguesa. Ele quer saber se é "um piolho" ou se pertence àquela casta de humanos aos quais tudo é permitido.
Dia 22 de outubro às 11h – Biblioteca Belmonte

Artimanhas do arco–da–velha
O espetáculo de Teatro Infanto–juvenil ARTIMANHAS DO ARCO–DA–VELHA resgata passagens espirituosas e bem humoradas da literatura popular como o conhecido conto O macaco e o boneco de alcatrão, e a história de Pedro Malasartes e a sopa de pedra.
Dia 21 de outubro às 14h – Biblioteca Viriato Corrêa 
Dia 22 de outubro às 10h – Biblioteca Hans Christian Andersen

Histórias de João
Com Karina Giannecchini, atriz e narradora.
Contos populares reinventados, onde o personagem principal se chama João. Todos eles vivem aventuras e têm de enfrentar dragões! Ora–ora, um dragão pode estar disfarçado de preguiça, orgulho, teimosia, gula... Como assim?! Venham partilhar as histórias e descobrir as peripécias de perto.
Dia 22 de outubro às 11h – Biblioteca Sylvia Orthof

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Destaques do fim de semana - 14 e 15 de outubro

INTERVENÇÃO ARTÍSTICA: Komboio Cultura, Muliga, SARAU: Veia e Ventania nas Bibliotecas, DANÇA: Passinho, Percurssa Locking, TEATRO: Drive-Thru Petit, O Alienista, MÚSICA: Theatro Municipal nas Bibliotecas, Juliana Lima, CIRCO: Mágica para as Crianças, Palhaços, Banda Paralela, INTERVENÇÃO LITERÁRIA: Sob Os Olhos de Eva, Poesia no Espaço, CINEMA: Festival de cinema italiano.

INTERVENÇÃO ARTÍSTICA

Komboio Cultural
Komboio Cultural Fazendo Arte é uma ação itinerante destinada ao público infantil. Nela o grupo Zig Zag apresenta seu repertório de canções autorais e alegra a criançada com brincadeiras tradicionais interativas. Músicos e artistas circenses afirmam que brincar é coisa séria e convidam toda a família a se divertir. 
Dia 15 de outubro às 10hBiblioteca Pedro Nava

Muliga
Um pocket show interativo a partir da possibilidade de desenvolver atividades manuais nascidas do próprio livro, envolvendo tintas, pinceis e papeis se tornam máscaras ou pássaros e abrindo novas possibilidades que estimulem a capacidade perceptiva das crianças através das artes.
A proposta do Projeto Muliga tem sua essência em canções performática e relação direta com a oficina sugerida (mascara de gato e/ou revoada de pássaros). Num primeiro momento, Julli Pop instrui as crianças e joga com elas em oficinas que envolvem tintas, pinceis e papeis que poderão se tornar mascaras ou pássaros, enquanto isso o Guilherme Chiappetta, conhecido como DJ Ratão solta bases para embalar a brincadeira. 
Dia 14 de outubro às 14hBiblioteca Malba Tahan
Dia 15 de outubro às 11hBiblioteca Menotti Del Picchia

SARAU

Projeto Literatura Periférica: Veia e Ventania nas Bibliotecas de São Paulo
O projeto Veia e Ventania tem como objetivo levar atividades artísticas que dialogam com o universo da Literatura e do Livro para as Bibliotecas da periferia de São Paulo: os Saraus.
Os encontros são feitos por grupos ou coletivos de pessoas que, por meio da mediação e mobilização das comunidades de onde são realizados, proporcionam a aproximação do público com a leitura e a literatura brasileira, criando uma experiência cultural única em seus territórios.
O Projeto é uma realização da Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas em parceria com realizadores de Saraus que inclui grande programação nas diversas Bibliotecas Públicas da cidade. 
Todos os saraus são gratuitos e com indicação livre.

Sarau Encontro de Utopias
Dia 14 de outubro às 14h Biblioteca Adelpha Figueiredo

Sarau Dos Mesquiteiros
Dia 14 de outubro às 13h Biblioteca Rubens Borba

Sarau da Maloca
Dia 14 de outubro às 14hBiblioteca Jamil Almansur Haddad

Sarau Para Todos
Dia 14 de outubro às 13hBiblioteca Viriato Corrêa

DANÇA

Passinho
A dança do Passinho é oriunda das comunidades do Rio de Janeiro e do universo Funk, ela incorpora os passos do frevo, da copeira do break e do Michel Jackson. Revelada nos bailes funk o passinho é uma dança genuinamente brasileira e o seu marco inicial foi em 2008 com o vídeo postado no youtube e que disseminou a dança entre os jovens das comunidades cariocas.  Antes de se tornar conhecida, a dança nos bailes cariocas sempre foi um elemento presente, mas não um destaque, aliás os que dançavam de forma muito expressiva nem sempre eram bem vistos, a não ser que tivessem algum status, como é o caso de uma das principais influências da dança, os varejistas de drogas da favela do Jacaré que através de brincadeiras se divertiam de forma irreverente e ousada, chamando atenção e influenciando os jovens meninos que os viam como exemplo. 
Dia 14 de outubro às 14h – Biblioteca Raimundo de Menezes
Dia 15 de outubro às 11h – Biblioteca Rubens Borba Alves de Moraes

Percurssa Locking 
Dia 14 de outubro às 14h – Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Dia 15 de outubro às 11h – Biblioteca Clarice Lispector 

TEATRO

Drive–Thru Petit
Espetáculo/intevenção em formato de lanchonete fast–food. O público dispõe de um menu com cinco opções de monólogos de até 4 min. As crianças fazem o seu pedido e assistem individualmente à sua peça dentro desta caixa acolhedora e cheia de segredos. Sob um prisma inovador e de forte humor, as temáticas dos monólogos perpassam questões de identidade, medos, amadurecimento e relação com o outro.
Dia 14 de outubro às 14h – Biblioteca Anne Frank
Dia 15 de outubro às 12h – Biblioteca Monteiro Lobato

O Alienista
O diálogo entre a literatura e o teatro é uma das experiências mais profícuas que os artistas pertencentes ao Coletivo Elefante Branco vivenciam; tal fazer artístico formou as bases necessárias para a criação de um espetáculo a partir da obra de Machado de Assis, um dos maiores autores de nossa língua: O Alienista (contado pelos barbeiros).
Dia 14 de outubro às 14h – Biblioteca Paulo Sergio Duarte Milliet
Dia 14 de outubro às 10h – Biblioteca Cassiano Ricardo
Dia 15 de outubro às 11h – Biblioteca Hans Christian Andersen

MÚSICA

Theatro Municipal nas Bibliotecas
Dia 14 de outubro às 9h30 – Biblioteca Brito Broca
Dia 14 de outubro às 10h – Biblioteca Aureliano Leite
Dia 14 de outubro às 11h30 – Biblioteca Érico Veríssimo e Gilberto Freyre
Dia 14 de outubro às 13h – Biblioteca Milton Santos
Dia 14 de outubro às 13h30 – Biblioteca Padre José De Anchieta
Dia 15 de outubro às 9h30 – Biblioteca José Mauro de Vasconcelos
Dia 15 de outubro às 10h – Biblioteca Paulo Setúbal e Raul Bopp
Dia 15 de outubro às 11h – Biblioteca Sylvia Orthof
Dia 15 de outubro às 11h30 – Biblioteca Chácara do Castelo e Lenyra Fraccaroli
Dia 15 de outubro às 12h30 – Biblioteca Alvares de Azevedo
Dia 15 de outubro às 13h – Biblioteca José Paulo Paes e Viriato Corrêa

Juliana Lima – Voz e sanfona
Natural de Santo André, Juliana possui cinco CDs e um DVD lançados. São 20 anos de carreira e mais de 350 composições. Em um show autoral, Juliana leva o melhor do forró paras as bibliotecas municipais em apresentações gratuitas. 
Dia 14 de outubro às 11h – Biblioteca Anne Frank e José Mauro de Vasconcelos

CIRCO

Mágica para as Crianças – e pra Família Toda!
Um show de mágica completamente interativo, envolvendo e prendendo a atenção de todos, com um toque de humor inteligente e um tanto de mágica ao acaso. Maico Silveira utiliza seu conhecimento de mímica, teatro, contação de histórias e, claro, de mágica! Para encantar e surpreender o público.
Dia 14 de outubro às 11h – Biblioteca Sérgio Buarquede Holanda

Palhaços - Bonecos Urbanos
"Palhaços" é um resgate do que temos de referência quando nos remetemos a este signo, o que nos permitiu criar um espetáculo sem querer uma inovação; assumindo um compromisso com a gargalhada pura e simples. Com a referência, sem preconceitos, dos inesquecíveis “Torresmo e Pururuca”, “Arrelia e Pimentinha”, “Chincharrão”, “Piolim”, “Carequinha” e tantos outros. Por ser criado a partir de esquetes circenses, o espetáculo procura retratar o clima nostálgico dos Circos, se tornando uma homenagem a esses signos da nossa infância que nos encantavam com suas “Boas e Velhas Palahçadas”. O espetáculo tem início com os palhaços “Ludovico” e “Polerito” tocando sua
“Charanga” e cantando músicas tradicionais do circo. A partir daí os personagens interagem com o público presente fazendo brincadeiras e improvisações baseadas em esquetes clássicas circenses – “Reprises”, cujas fórmulas garantem o entretenimento e diversão do público. Que venham as marmeladas, os chutes no traseiro, as trombadas e tudo mais que se faça devido. E viva o “Palhaço”.
Dia 14 de outubro às 14h – Biblioteca Paulo Duarte – CCJabaquara 
Dia 15 de outubro às 11h – Biblioteca AffonsoTaunay

Banda Paralela
A Banda Paralela tem 20 anos de atividade. Realizando uma média de 100 apresentações por ano, já tocou para platéias com mais de 1000 pessoas. Entre os principais palcos, destacam–se: Centro Cultural Vergueiro, Auditório Claudio Santoro (Campos do Jordão), Sala São Paulo, Teatro Alpha Real, Memorial da América Latina, Teatro São Pedro, entre outros. Através de editais ou concursos, já se apresentou no Auditório do BNDES (Rio de Janeiro) e Teatro Santa Isabel (Feira Música Brasil/PE). Pela Sociedade de Cultura Artística fez divesos shows em cidades do interior de São Paulo dentro da programação do projeto sócio–cultural “Ouvir Para Crescer”. Particiou de várias edições do Circuito Cultural Paulista, iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura com organização da APAA. Realiza shows nas Viradas Culturais da Prefeitura e do Estado de São Paulo. Em maio de 2010 estreou no Memorial da América Latina, em parceria com o grupo Parlapatões, o espetáculo infantil “Parapapá! Circo Musical”, vencedor do 18º Prêmio FEMSA nas categorias Trilha Sonora e Figurino. Faz parte da programação do SESI Música – Série Popular, realizando shows em unidades do interior do estado e no Centro Cultural Fiesp. Tem três CDs gravados.
Dia 14 de outubro às 11h – Biblioteca Thales Castanho de Andrade

INTERVENÇÃO LITERÁRIA

Sob os Olhos de Eva
Bate Papo Lítero–Musical
Bate–papo lítero musical sobre o livro “Sob os Olhos de Eva” com trilha sonora, uma experiência marcante em conjunto com o show acústico.
O projeto “Sob os Olhos de Eva” visa a compreensão da história das revoluções através da releitura do mito da culpa original como mito heróico e fundador do espírito contestador dos protagonistas da história e agora visualizado como o primeiro ato da humanidade de romper com dogmas e estruturas de poder na busca pela verdade e autonomia, opondo–se a uma ordem caprichosa, que seria a expressão mítica dos vários veículos de opressão, sejam políticos ou religiosos.
Dia 14 de outubro às 14hBiblioteca Álvaro Guerra

Poesia no Espaço
Contação de histórias (infantil).
Contação de histórias teatralizadas e muito contagiantes, que instigam crianças e até mesmo adultos. O cuidado estético, a música – com composições especialmente criadas para cada história e executados em cena – a delicadeza na abordagem dos temas e a interatividade são marcas do espetáculo. Fatores que tornam a contação uma experiência lúdica e educativa.
Dia 14 de outubro às 14hBiblioteca Cora Coralina
Dia 15 de outubro às 11h Biblioteca Ricardo Ramos

CINEMA

L’oro Di Napoli
Direção: Vittorio De Sica Mattoli | Itália, 1954, 107 minutos| Comédia | 2D Original | Exibição em Blu-Ray
Uma homenagem a Napoli, onde o diretor Vittorio De Sica viveu os primeiros anos de sua vida, esta é uma coletânea de 6 episódios Napolitanos: um palhaço explorado por um criminoso; uma vendedora de pizza que perde o anel de seu marido; o funeral de uma criança; um jogador vencido por uma criança; o inesperado casamento de Teresa, uma prostituta; o professor Ersilio Micci, um vendedor de sabedoria.
15 de outubro às 18h – SPCine Roberto Santos

Miseria e Nobilità
Direção: Mario Mattol | Itália, 1954, 94 minutos| Comédia | 2D Original | Exibição em Blu-Ray
A história das famílias humildes de Felice Pasquale e seus colegas que são contratados por um Marquês que quer casar a filha de um rico mas simples cozinheiro, então eles fingem ser aristocráticos.
14 de outubro às 20h15 – SPCine Roberto Santos

Documentário Franco Nero - Un Attore Per Tutte Le stagioni (curta) + Django
Direção: Adriano Pintaldi  | Itália, 2017, 20 minutos| Ducumentário | 2D Original | Exibição em Blu-Ray
A incrível carreira internacional do Franco Nero, que atuou em mais de 230 filmes durante meio século de carreira.
+
Direção: Sergio Corbucci | Itália, 1966, 88 minutos| Western | 2D Original | Exibição em Blu-Ray | Com Franco Nero
Um pistoleiro que carrega um caixão e uma prostituta mestiça ficam presos em uma rixa entre um clã de racistas do Sul e um bando de revolucionários Mexicanos.
14 de outubro às 17h30 – SPCine Roberto Santos

Django
Direção: Sergio Corbucci | Itália, 1966, 88 minutos| Western | 2D Original | Exibição em Blu-Ray | Com Franco Nero
Um pistoleiro que carrega um caixão e uma prostituta mestiça ficam presos em uma rixa entre um clã de racistas do Sul e um bando de revolucionários Mexicanos.
15 de outubro às 20h – SPCine Roberto Santos

Senza Lasciare Traccia 
*Sessão apresentada pelo produtor
Direção: Gianclaudio Cappai |Itália, 2016, 93 minutos| Thriller | 2D Original | Exibição em Blu-Ray
Bruno tentou esquecer, mas ele ainda carrega os sinais do seu passado nos vincos da alma e do corpo, como a doença que o consome lentamente. Um dia Bruno tem a chance de voltar ao lugar onde tudo começou, uma olaria desativada onde ainda vivem um pai e sua filha. Nenhum dos dois reconhece aquele intruso cujas intenções vão se mostrando cada vez mais ambíguas. Para curar-se, Bruno precisa encarar a origem do próprio mal, procurar rastros, apagá-los, deixar novos, para tirar o intruso que está dentro dele.
15 de outubro às 20h - SPCine Paulo Emílio

Urli e Risvegli
Direção: Nicola Ragone | Itália, 2017, 46 minutos| Documentário | 2D Original | Exibição em Blu-Ray
O retrato de um homem silencioso, com os olhos brilhantes e cheios de experiências de vida. Quando era jovem queria ser ator, mas ninguém nunca acreditou no seu talento. Hoje ele tem 60 anos e vive em sua pequena cidade natal: Grassano. Trabalha como zelador numa escola. No passado foi alcoólatra, mas venceu o alcoolismo graças à poesia, algo que ainda hoje acompanha seu caminho errante.
14 de outubro às 16h - SPCine Paulo Emílio

Mataram Meu Irmão
*Sessão apresentada pelo diretor
Direção: Cristiano Burlan | Brasil, 2013, 77 minutos| Documentário | 2D Original | Exibição em Blu-Ray
Na noite do 5 de Outubro de 2001, Rafael Burlan foi assassinado com 7 tiros nas costas, no Capão Redondo, São Paulo. O documentário quer reconstruir - através dos contos de parentes e amigos - o que foi o assassinato e suas consequências no trágico destino desta família.
15 de outubro às 17h - SPCine Paulo Emílio

Simulacrum Praecipitii 
*Sessão apresentada pelo diretor
Direção: Humberto Bassanelli | Brasil, 2013, 25 minutos| Documentário | 2D Original | Exibição em Blu-Ray
Acompanhando o trabalho do fotógrafo Alessio Ortu pelos labirintos da cracolândia paulistana, revela-se sua procura de enxergar, nos semblantes devastados pelos efeitos do crack, não só os fantasmas que os devoram, mas também os vestígios de uma humanidade em estado de emergência. Mitológica e literalmente o fotógrafo desce às zonas infernais, conduzindo consigo o documentarista - uma alusão ao “Inferno” onde Virgílio conduz Dante pelo inferno.
15 de outubro às 19h - SPCine Paulo Emílio

O Sinaleiro
*Sessão apresentada pelo diretor
Direção: Daniel Augusto | Brasil, 2015, 18 minutos| Thriller | 2D Original | Exibição em Blu-Ray
Em uma paisagem ferroviária desolada, um homem encontra-se diante dos seus medos internos e da possibilidade do sobrenatural.
14 de outubro às 17h - SPCine Lima Barreto

Aquilo Que Sobra
*Sessão apresentada pelo diretor
Direção: Humberto Giancristofaro | Brasil, 2016, 72 minutos| Drama | 2D Original | Exibição em Blu-Ray
Livremente inspirado no clássico de Thomas Mann “A Montanha Mágica”, o filme acompanha os últimos dias de Clavdia Chauchat num sanatório para o tratamento de doenças respiratórias. Ao tentar se despedir de Hans Castor, ela tem que lidar com a confissão de um amor impronunciado. Em idas e vindas espaços-temporais, os dois fazem um esforço de ressignificação de seus afetos para poderem seguir em frente.
14 de outubro às 18h SPCine Lima Barreto

Black And White
*Sessão apresentada pelo diretor
Direção: Tristan Aronovich | Brasil, 2015, 92 minutos| Drama | 2D Original | Exibição em Blu-Ray
Inspirado em eventos reais, Black & White segue a incrível jornada de detetives internacionais "caçadores de nazistas" que iniciam uma operação infiltrada no Brasil para rastrear e localizar criminosos e líderes nazistas na América do Sul. A investigação, no entanto, sofre uma intensa modificação quando os detetives se deparam com um poderoso exército neonazista pronto para guerra e liderado por Freddie, um agressivo vocalista de Heavy Metal envolvido em processos de homicídio e tráfico humano. Frente às ameaças imprevistas, os detetives são obrigados a adotar estratégias arriscadas e não ortodoxas que se transformam em um jogo perigoso.
14 de outubro às 20h - SPCine Lima Barreto

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Destaques do fim de semana - 7 e 8 de outubro

INTERVENÇÃO LITERÁRIA: Poesia no Espaço, Histórias de Cá, de Lá e de Trá–lá–lá, Histórias de sabedoria, DANÇA: Passinho, Percurssa Locking, TEATRO: Drive–Thru Petit, Crime e Castigo, O Alienista, MÚSICA: OBMJ Ataca, Theatro Municipal nas Bibliotecas, Juliana Lima, Trio Virgulino, Carimbó nas Bibliotecas,  Resostenido,  Carlinhos do Cavaco, CIRCO: Mágica para as Crianças e pra Família Toda, Palhaços, Andarilhos, Banda Paralela, INTERVENÇÃO ARTÍSTICA: Casinha de Rodas, Komboio Cultural

INTERVENÇÃO LITERÁRIA

Poesia no Espaço
Contação de histórias (infantis) teatralizadas e muito contagiantes, que instigam crianças e até mesmo adultos. O cuidado estético, a música – com composições especialmente criadas para cada história e executados em cena – a delicadeza na abordagem dos temas e a interatividade são marcas do espetáculo. Fatores que tornam a contação uma experiência lúdica e educativa.
Dia 7 de outubro às 14hBiblioteca Milton Santos
Dia 8 de outubro às 11hBiblioteca Monteiro Lobato

Histórias de Cá, de Lá e de Trá–lá–lá
Conto de fadas, história de advinhas, causos e histórias populares. Um repertório divertido que traz universos distintos, mas todos cheios de sabedoria. Tudo é contado com o corpo e a voz desenhando no espaço os personagens e situações, criando uma atmosfera gostosa para despertar a imaginação e o envolvimento do público.
Dia 7 de outubro às 11hBiblioteca Jayme Cortez
Dia 7 de outubro às 13hBiblioteca Nuto Sant'Anna
Dia 8 de outubro às 11h Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet

Histórias de sabedoria 
Roda de histórias que apresenta contos de sabedoria de diversas culturas, e que de maneira poética e divertida, provoca reflexões sobre questões existenciais pertinentes a todas as idades.
As narrativas são entremeadas por cantigas e brincadeiras tradicionais.
Dia 7 de outubro às 10h Biblioteca Amadeu Amaral
Dia 7 de outubro às 13hBiblioteca Helena Silveira
Dia 8 de outubro às 13hBiblioteca Álvaro Guerra

DANÇA

Passinho
A dança do Passinho é oriunda das comunidades do Rio de Janeiro e do universo Funk, ela incorpora os passos do frevo, da copeira do break e do Michel Jackson. Revelada nos bailes funk o passinho é uma dança genuinamente brasileira e o seu marco inicial foi em 2008 com o vídeo postado no youtube e que disseminou a dança entre os jovens das comunidades cariocas.  Antes de se tornar conhecida, a dança nos bailes cariocas sempre foi um elemento presente, mas não um destaque, aliás os que dançavam de forma muito expressiva nem sempre eram bem vistos, a não ser que tivessem algum status, como é o caso de uma das principais influências da dança, os varejistas de drogas da favela do Jacaré que através de brincadeiras se divertiam de forma irreverente e ousada, chamando atenção e influenciando os jovens meninos que os viam como exemplo. 
Dia 7 de outubro às 11h – Biblioteca José Paulo Paes
Dia 8 de outubro às 11h – Biblioteca Paulo Setúbal

Percurssa Locking 
Grupo de estudos e pesquisa da dança locking e música percussiva.
Dia 7 de outubro às 14hBiblioteca Mário Schenberg e Raul Bopp
Dia 8 de outubro às 11hBiblioteca Narbal Fontes

TEATRO

Drive–Thru Petit
Espetáculo/intevenção em formato de lanchonete fast–food. O público dispõe de um menu com cinco opções de monólogos de até 4 min. As crianças fazem o seu pedido e assistem individualmente à sua peça dentro desta caixa acolhedora e cheia de segredos. Sob um prisma inovador e de forte humor, as temáticas dos monólogos perpassam questões de identidade, medos, amadurecimento e relação com o outro.
Dia 7 de outubro às 14h Biblioteca Marcos Rey
Dia 8 de outubro às 12h30Biblioteca Clarice Lispector

Crime e Castigo
Monólogo imaginado como sequência do romance escrito por Fiódor Dostoievsky entre 1866 e 1871. Comemora os 150 anos da primeira edição dessa obra clássica. Aos 60 anos, Ródion Românovitch Raskólnikov faz um retrospecto de sua vida, marcada pelo assassinato de duas mulheres. Após cumprir a pena de oito anos de prisão na Sibéria, ele teve a oportunidade de reconstruir sua história, graças ao amor de Sôfia Semionóvna Marmeládova, carinhosamente chamada de Sônia ou Sonechca. Esse contexto encerra o romance original. O monólogo pretende situar Raskólnikov como homem maduro, trinta após ser libertado. Quando cometeu o crime, ele era um jovem estudante de Direito em Petersburgo. De temperamento melancólico e irritadiço, ele se vê obrigado a abandonar a escola aos 23 anos por causa da pobreza, e se torna obcecado por uma ideia sobre a relatividade da moral burguesa. Ele quer saber se é "um piolho" ou se pertence àquela casta de humanos aos quais tudo é permitido.
Dia 7 de outubro às 14h Biblioteca Sylvia Orthof

O Alienista
O diálogo entre a literatura e o teatro é uma das experiências mais profícuas que os artistas pertencentes ao Coletivo Elefante Branco vivenciam; tal fazer artístico formou as bases necessárias para a criação de um espetáculo a partir da obra de Machado de Assis, um dos maiores autores de nossa língua: O Alienista (contado pelos barbeiros).
Dia 7 de outubro às 11hBiblioteca Afonso Schmidt
Dia 8 de outubro às 11h Biblioteca Menotti Del Picchia

Teatro Infantil na Hans
Uma apresentação teatral com lindas crianças a partir de 3 anos.
Dia 7 de outubro às 10h30Biblioteca Hans Christian Andersen

MÚSICA

OBMJ Ataca!
A Orquestra Brasileira de Música Jamaicana foi idealizada pelo músico e produtor Sérgio Soffiatti e o trompetista Felippe Pipeta em 2005 e fundada em 2008. No começo, a ideia principal era tocar músicas jamaicanas de raiz (ska, rocksteady e early reggae), então surgiu a ideia de tocar músicas brasileiras nesses estilos.
Com 2 discos lançados, a OBMJ apresenta seu terceiro ábum, o primeiro da Orquestra de composições autorais e com o tema voltado ao gênero Sci–Fi, aliás, o título é uma alusão ao nome do filme “Mars Attaca” (Marte Ataca) de Tim Burton. Este mais recente lançamento mantém os ritmos jamaicanos e a instrumentação característica do Ska.
Dia 8 de outubro às 11hBiblioteca Padre José De Anchieta

Theatro Municipal nas Bibliotecas
Dia 8 de outubro às 9h30Biblioteca Adelpha Figueiredo e Vinícius de Moraes
Dia 8 de outubro às 11hBiblioteca Affonso Taunay e Cora Coralina 
Dia 8 de outubro às 12h30Biblioteca Cassiano Ricardo e Jamil Almansur Haddad

Juliana Lima – Voz e sanfona
Natural de Santo André, Juliana possui cinco CDs e um DVD lançados. São 20 anos de carreira e mais de 350 composições. Em um show autoral, Juliana leva o melhor do forró paras as bibliotecas municipais em apresentações gratuitas. 
Dia 7 de outubro às 14hBiblioteca Belmonte

Trio Virgulino
Formado por Enok Virgulino (sanfona), Adelmo Nascimento (triângulo) e Roberto Pinheiro (zabumba), o TRIO VIRGULINO faz parte da história do forró. Com 36 anos de carreira foram os responsáveis pelo resgate do ritmo tipicamente brasileiro: O forró pé de serra.
Com o estouro do chamado forró universitário, o TRIO VIRGULINO pôde levar o melhor da nossa música para a França, EUA, Inglaterra, Espanha e Suíça, retratando de forma clara a alegria e espontaneidade desses três pernambucanos que conquistaram o Brasil.
Dia 8 de outubro às 11h Biblioteca Alvares de Azevedo

Carimbó nas Bibliotecas
Com Grupo Carimbolando
A apresentação do Grupo Carimbolando é uma grande brincadeira musical. O ritmo contagiante não deixa ninguém parado e as músicas falam de cenas, costumes, personagens e bichos da região Norte. O grupo interpreta sucessos de Dona Onete, Pinduca, Mestre Lucindo e outros autores consagrados, transformando em festa o espaço onde se apresenta.
Dia 8 de outubro às 11h Biblioteca Pedro Nava 

Resostenido
Pop Folk e ritmos da América Latina 
Um projeto musical de Renata Espoz, cantautora chilena que mistura o pop folk com diferentes ritmos da América Latina num formato solista ou acompanhada de banda. 
Dia 7 de outubro às 14h Biblioteca Érico Veríssimo

SAMBATECA

Em 1916, Ernesto Joaquim Maria dos Santos (Donga) compunha o “primeiro samba brasileiro”. A música “Pelo telefone” viria a fazer grande sucesso no carnaval do ano seguinte, momento em que o ritmo musical alcançou grande popularidade entre os brasileiros. Passados cem anos da obra de Donga, o samba hoje é considerado um símbolo da tradição cultural brasileira e reconhecido como Patrimônio da Humanidade.
Para comemorar e homenagear o Samba e a sua história, o Sistema Municipal de Bibliotecas de São Paulo apresenta o projeto SAMBATECA, levando diversos grupos de samba para as bibliotecas públicas da cidade. Os grupos confirmados para os meses de setembro e outubro são: “Conversa de Botequim”, “Casa Caiada”, “Samba do Cafofo” e” Núbia Maciel e os Divinos”. As apresentações são gratuitas e com indicação livre.

Carlinhos do Cavaco
Carlinhos atua a mais de três décadas representando esse gênero musical tão marcante de nossa cultura popular. Compositor inspirado, Carlinhos vem aprimorando sua arte ao longo do tempo. Natural do bairro de Vila Maria, zona norte de São Paulo, começou como compositor em festivais de músicas e mais tarde a se apresentar nas casas noturnas da paulicéia, onde ganhou muita experiência ao interpretar e ser influenciado por grandes artistas e compositores do gênero.Como compositor suas músicas trazem de volta características do chamado samba autêntico. São letras que falam de amor, cotidiano e a paixão pelo ritmo.
Dia 7 de outubro às 13hBiblioteca Cassiano Ricardo
Dia 8 de outubro às 11hBiblioteca Chácara do Castelo

CIRCO

Mágica para as Crianças – e pra Família Toda!
Um show de mágica completamente interativo, envolvendo e prendendo a atenção de todos, com um toque de humor inteligente e um tanto de mágica ao acaso. Maico Silveira utiliza seu conhecimento de mímica, teatro, contação de histórias e, claro, de mágica! Para encantar e surpreender o público.
Dia 7 de outubro às 11hBiblioteca Lenyra Fraccaroli

Palhaços - Bonecos Urbanos
"Palhaços" é um resgate do que temos de referência quando nos remetemos a este signo, o que nos permitiu criar um espetáculo sem querer uma inovação; assumindo um compromisso com a gargalhada pura e simples. Com a referência, sem preconceitos, dos inesquecíveis “Torresmo e Pururuca”, “Arrelia e Pimentinha”, “Chincharrão”, “Piolim”, “Carequinha” e tantos outros. Por ser criado a partir de esquetes circenses, o espetáculo procura retratar o clima nostálgico dos Circos, se tornando uma homenagem a esses signos da nossa infância que nos encantavam com suas “Boas e Velhas Palahçadas”. O espetáculo tem início com os palhaços “Ludovico” e “Polerito” tocando sua
“Charanga” e cantando músicas tradicionais do circo. A partir daí os personagens interagem com o público presente fazendo brincadeiras e improvisações baseadas em esquetes clássicas circenses – “Reprises”, cujas fórmulas garantem o entretenimento e diversão do público. Que venham as marmeladas, os chutes no traseiro, as trombadas e tudo mais que se faça devido. E viva o “Palhaço”.
Dia 8 de outubro às 11hBiblioteca Aureliano Leite

Andarilhos
Dois andarilhos viajantes chegam a uma nova praça, onde são protagonistas numa roda de rua. A dupla apresenta uma série de números misturando música, dança, malabares e acrobacia. Inspirados nas cartas do Tarô, eles dão vida a personagens arquetípicos como o Louco, o Rei e a Morte.
Transformação, magia e muita cara–de–pau fazem parte da essência desses dois palhaços loucos. Um espetáculo divertido e surpreendente feito para um público de todas as idades.
Dia 8 de outubro às 11hBiblioteca Gilberto Freyre

Banda Paralela
A Banda Paralela tem 20 anos de atividade. Realizando uma média de 100 apresentações por ano, já tocou para platéias com mais de 1000 pessoas. Entre os principais palcos, destacam–se: Centro Cultural Vergueiro, Auditório Claudio Santoro (Campos do Jordão), Sala São Paulo, Teatro Alpha Real, Memorial da América Latina, Teatro São Pedro, entre outros. Através de editais ou concursos, já se apresentou no Auditório do BNDES (Rio de Janeiro) e Teatro Santa Isabel (Feira Música Brasil/PE). Pela Sociedade de Cultura Artística fez divesos shows em cidades do interior de São Paulo dentro da programação do projeto sócio–cultural “Ouvir Para Crescer”. Particiou de várias edições do Circuito Cultural Paulista, iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura com organização da APAA. Realiza shows nas Viradas Culturais da Prefeitura e do Estado de São Paulo. Em maio de 2010 estreou no Memorial da América Latina, em parceria com o grupo Parlapatões, o espetáculo infantil “Parapapá! Circo Musical”, vencedor do 18º Prêmio FEMSA nas categorias Trilha Sonora e Figurino. Faz parte da programação do SESI Música – Série Popular, realizando shows em unidades do interior do estado e no Centro Cultural Fiesp. Tem três CDs gravados.
Dia 8 de outubro às 10hBiblioteca José Mauro de Vasconcelos

INTERVENÇÃO ARTÍSTICA

Casinha de Rodas
Linguagem: infantil
Um micro–ônibus totalmente transformado em um espaço lúdico produzido com todo carinho para as crianças brincarem e viajarem na imaginação. O “Casinha de Rodas” foi montado usando materiais reciclados e sustentáveis, e os ambientes foram preparados para estimular a criatividade das crianças onde elas se surpreendem encontrando várias atividades dentro de um ônibus nas suas proporções. A arte educadora Renata Martins, idealizadora e produtora do Casinha de Rodas é quem, juntamente com sua equipe, realiza as viagens e coordena as visitas dos nossos pequenos viajantes ao ônibus.
Dia 7 de outubro às 13hBiblioteca Paulo Duarte
Dia 8 de outubro às 10hBiblioteca Hans Christian Andersen

Komboio Cultural
Komboio Cultural Fazendo Arte é uma ação itinerante destinada ao público infantil. Nela o grupo Zig Zag apresenta seu repertório de canções autorais e alegra a criançada com brincadeiras tradicionais interativas. Músicos e artistas circenses afirmam que brincar é coisa séria e convidam toda a família a se divertir. 
Dia 8 de outubro às 11hBiblioteca Camila Cerqueira César