quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Destaques do fim de semana - 23 e 24 de setembro

CINEMA: Carros 3, A Viagem de Fanny, Eva Não Dorme, Homem-Aranha: De Volta ao Lar, CIRCO: Cabaré da Mafalda, Circo Vox, Namakaca, Palhaça Rubra, Parlapatões, Sananab, Os Tr3s Porcos, JOGO: Confraria das IdeiasMÚSICA: Badulaque, O Bando do Seu Pereira, Carimbó nas Bibliotecas, O legado de Mário de Andrade, Maurinho de Jesus, Voz e sanfona nas bibliotecas, Musica Imigrante, Sambateca, SARAUS: Poetas do Tietê, Sarau do Cravo e o Escambo Cultural, Sarau Sarauê, Verso em Versos, TEATRO: A menina que não sabia brincar, Poetinha Camará

CINEMA

Amor à flor da pele
Mostra de Cinema: Romance 21, os melhores do século
15h - À procura do amor
17h - Amor à flor da pele
19h - Adeus, primeiro amor
23 de setembro – SPCine Lima Barreto 

15h - Deixa ela entrar

17h30 - Azul é a cor mais quente
24 de setembro – SPCine Lima Barreto 

Carros 3 
Direção: Brian Fee | Cars 3, EUA, 2017, 102’ | Animação | 2D Dublado | Exibição em DCP | Livre. Surpreendido por uma nova geração de corredores incrivelmente rápido, o lendário Relâmpago McQueen é repentinamente afastado das pistas. Para voltar às competições, ele contará com a ajuda da treinadora Cruz Ramirez e com a inspiração do Fabuloso Doc Hudson. Juntos, eles partem para uma nova aventura e para o maior desafio de suas vidas!
23 de setembro às 14h30 – SPCine Roberto Santos, Cidade Tiradentes
24 de setembro às 13h – SPCine Aricanduva, Butantã, Feitiço da Vila, Jambeiro, Meninos, Parque Veredas, Paz, Perus, Quinta do Sol, São Rafael, Três Lagos, Vila Atlântica, Vila do Sol, Jaçanã e Caminho do Mar
24 de setembro às 13h30 – SPCine Cidade Tiradentes
24 de setembro às 15h30 – SPCine Roberto Santos

A Viagem de Fanny
Direção: Lola Doillon | La voyage de Fanny, 2016, 94’ | Drama/Aventura | 2D Legendado | Exibição em DCP.  Baseado na autobiografia de Fanny Ben-Ami, o longa conta a história de uma garotinha judia de 12 anos que é escondida num internato, após a prisão do pai, e precisa cuidar das duas irmãs mais novas. Com a iminência da invasão alemã, a jovem se torna líder de um grupo de oito crianças. Juntas, elas iniciam uma perigosa viagem pela França ocupada pelos nazistas para chegar à fronteira com a Suíça.
23 de setembro às 17h – SPCine Roberto Santos

Eva Não Dorme
Direção: Pablo Agüero | Argentina, 2016, 85’| Drama | 2D Original | Exibição em DCP |Não indicado para menores de 12 anos. Eva Peron, a figura mais amada e odiada da Argentina, está morta. Um grande especialista é responsável pelo embalsamamento de seu corpo e, depois de meses de trabalho, atinge um resultado perfeito. Mas, ocorre uma série de golpes no País e alguns ditadores desejam apagar o legado de Evita da memória do povo. Seu corpo, então, torna-se o centro de um confronto que durará 25 anos, tornando Evita mais poderosa que qualquer político vivo.
23 de setembro às 19h – SPCine Roberto Santos
24 de setembro às 18h – SPCine Roberto Santos

Homem-Aranha: De Volta ao Lar
Direção: Jon Watts |Spider-Man: Homecoming, EUA, 2017, 133’ | Quadrinhos/Aventura | 2D Dublado | Exibição em DCP | Não indicado para menores de 10 anos. Depois de lutar ao lado dos Vingadores, chega a hora do pequeno Peter Parker voltar para casa e retomar a rotina. Lutando diariamente contra pequenos crimes nas redondezas, ele pensa ter encontrado a missão de sua vida quando o terrível vilão Abutre surge para amedrontar a cidade. O problema é que a tarefa não será tão fácil como ele imaginava.
23 de setembro , às 17h e 19h30 – SPCine Cidade Tiradentes
24 de setembro às 15h30 e 18h – SPCine Aricanduva, Butantão, Feitiço da Vila, Jambeiro, Meninos, Parque Veredas, Paz, Perus, Quinta do Sol, São Rafael, Três Lagos, Vila Atlântica, Vila do Sol, Jaçanã
24 de setembro às 16h e 18h30 – SPCine Cidade Tiradentes

Retirada ou compra de ingresso sempre com uma hora de antecedência
Entrada franca – Butantã, Meninos, Jaçanã, Quinta do Sol, São Rafael, Aricanduva, Três Lagos, Caminho do Mar, Feitiço da Vila, Jambeiro, Parque Veredas, Vila Atlântica, Paz, Vila do Sol, Cidade Tiradentes
R$ 4,00 (inteira) / R$ 2,00 (meia) – Spcine Olido, Paulo Emilio, Lima Barreto e Roberto Santos
R$ 2,00 (preço único) às terças, quartas, quintas e sextas, sempre para as duas primeiras sessões do dia – Spcine Olido, Paulo Emilio, Lima Barreto e Roberto Santos


CIRCO


Cabaré da Mafalda
O Cabaré da Mafalda é um espetáculo de Palhaçaria Feminina e Circo Família. Mafalda, mestra de cerimônias, convida o público para um chá dançante em seu Cabaré Internacional; nele podemos ver números tradicionais, cenas cômicas, danças excêntricas, palhaças convidadas e também nos divertir com as relações familiares desta trupe!!!
Dia 24 de setembro às 10h - Biblioteca Jovina Rocha Álvares Pessoa

Circo Vox - Se chove não molha
Uma família de palhaços, o pai e seus dois filhos, chegam para apresentar um espetáculo, mas se atrapalham ao fazer os números, que acabam sempre da forma errada. Os três ficam nesse “chove não molha” e então percebem no final que, sem querer, apresentaram um espetáculo divertidíssimo. Nessa montagem o grupo traz esquetes tradicionais circenses adaptadas para a linguagem contemporânea do Circo Vox.
Dia 23 de setembro às 14h – Biblioteca Raul Bopp
Dia 24 de setembro às 11h Biblioteca Viriato Corrêa

Namakaca - É nóis na xita
Espetáculo infanto-juvenil que mostra o convívio entre três personagens: Du Circo, Montanha e Cafi, que disputam os aplausos do público, aceitando os próprios equívocos como fonte de improvisação. Além de malabarismos, monociclos, acrobacias, equilibrismos e palhaçadas, o espetáculo é também musical, brincando com ritmos tipicamente brasileiros e instrumentos da cultura popular como cavaquinho, o pandeiro e a percussão. O espetáculo já foi apresentado mais de 800 vezes, em 24 estados brasileiros e pelo mundo afora.
Dia 23 de setembro às 11h - Biblioteca Vicente de Carvalho
Dia 23 de setembro às 14h - Biblioteca Vinicius de Moraes

Palhaça Rubra 
Um show moderno à moda antiga, movida pela mais alta tecnologia humana. Altamente interativo, o espetáculo mistura música, humor e improviso, envolvendo a plateia em todos os momentos para criar apresentações que são sempre únicas. Palhaça Rubra é a mestre de cerimônias dessa trupe onde todos são músicos, atletas e palhaços, combinando suas habilidades para criar e recriar esquetes clássicas e contemporâneas do circo - encantando e surpreendendo o público em qualquer espaço.
Dia 23 de setembro às 14h - Biblioteca Belmonte 
Dia 24 de setembro às 10h - Biblioteca Paulo Setúbal

Parlapatões - Clássicos do Circo
O espetáculo Parlapatões Clássicos do Circo reúne alguns dos mais divertidos números cômicos e circenses de diversos espetáculos da trajetória de vinte anos dos Parlapatões. Um grande show de variedades que festeja o repertório do grupo em números para crianças, mas que também divertem os adultos. Durante os seus 60 minutos de alegria, os quatro palhaços passam das mais clássicas reprises aos números mais inovadores em sua linguagem.
Dia 24 de setembro às 14h – Biblioteca Milton Santos 

Sananab
Cia Pé de Chinelo
O Espetáculo SANANAB nasceu das situações mais simples e diversas. O tema trabalhado é a simplicidade com que Bisgoio enxerga as coisas complexas, e o modo complexo como enxerga o simples. É sob essa ótica e poder de transformação que o palhaço atua em tudo ao seu redor, da profunda relação entre a lógica de mundo do palhaço Bisgoio e alguns objetos, velhos e desgastados, assim como seu figurino esfarrapado. Revelando a ótica criativa e subversiva do palhaço, transformando e reinventando novas funções para os objetos, e criando vida para eles em diversas situações. Mostrando as facetas do ser humano, as emoções que os definem, sentimentos que se alternam, como: o amor, raiva, simplicidade, alegria, ingenuidade, egoísmo, generosidade, estupidez, mesclando todas essas emoções e construindo uma ponte com o público, revelando um pouco da essência do ser humano em cada situação, fazendo do palhaço um espelho pra sociedade, onde o principal é o encontro com o público de forma não somente receptiva, e sim de jogo entre palhaço e público.
Dia 24 de setembro às 10h - Biblioteca José Mauro de Vasconcelos 

Os Tr3s Porcos 
A próxima Companhia
Três porcos procuram um lugar para construir suas casas. O conto infantil desta vez dirige-se também aos adultos e se passa na cidade, onde o espaço está cada vez mais disputado com o Lobo, o dono do lugar, que fará de tudo para obrigar os porcos a beneficiá-lo e impedir que eles atrapalhem a manutenção e a construção de seus empreendimentos.
A fábula Os Três Porquinhos está presente no imaginário popular, assim como a linguagem do palhaço. A força criativa da junção destes dois elementos aproxima o público, trazendo força para a discussão do espetáculo sobre a habitação nas grandes metrópoles. Dessa forma, trabalhamos com a ideia do teatro como potência catalisadora do diálogo. Realizada em espaços alternativos - Ruas, Praças, Galpões - a obra foi desenvolvida utilizando a linguagem do Palhaço, do Circo e do Teatro de Rua. A encenação foi construída a partir da acrobacia, pirotecnia e elementos característicos do circo, bem como o cenário e figurinos alegóricos criam uma atmosfera que aproxima e interage com o público passante.
Dia 23 setembro às 11h - Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet
Dia 23 setembro às 14h - Biblioteca Aureliano Leite
Dia 24 setembro às 11h - Biblioteca Padre José de Anchieta

JOGO


Confraria das Ideias
LARP - Live Action Role Play (RPG)
Que tal participar de uma aventura? Você e seus amigos poderão entrar em uma história repleta de enigmas, segredos e curiosidades! No dia 23 de setembro, o sótão da biblioteca Narbal Fontes será transformado em um laboratório secreto de um peculiar cientista e seus planos secretos; e o desfecho dessa aventura só depende das ações de cada participante! 
O que é Larp? “Larp é um jogo de representação de papéis e um tipo de arte participativa. Se assemelha ao teatro de improviso ou à performance, mas é para ser vivido” (NpLarp).
Vagas: até 20 participantes (por ordem de chegada). Público 7 a 12 anos.
Dia 23 de setembro às 14h - Biblioteca Narbal Fontes
  
MÚSICA
 

Badulaque (Música Infantil) 
Julia Pittier & Daniel Ayres. Badulaque é um duo de música infantil formado por Daniel Ayres e Julia Pittier. Apresentando um repertório autoral, os arranjos da dupla são compostos a partir da utilização de instrumentos não convencionais, percussão corporal, sapateado, violão elétrico, piano e efeitos eletroacústicos. As letras das músicas focam na criatividade, na curiosidade e na inteligência da criança.
Dia 23 de setembro às 14hBiblioteca Brito Broca
Dia 24 de setembro às 10hBiblioteca Adelpha Figueiredo

O Bando do Seu Pereira nas Bibliotecas
Um acontecimento no forró: um grupo permacultural, com sonoridade única e que como si só, faz releituras de clássicos, revela preciosidades e traz músicas novas, inspiradas em toda essa experiência humana e musical de seus integrantes.
Dia 24 de setembro às 11h Biblioteca Érico Veríssimo

Carimbó nas Bibliotecas
Com Grupo Carimbolando
A apresentação do Grupo Carimbolando é uma grande brincadeira musical. O ritmo contagiante não deixa ninguém parado e as músicas falam de cenas, costumes, personagens e bichos  da região Norte. O grupo interpreta sucessos de Dona Onete, Pinduca, Mestre Lucindo e outros autores consagrados, transformando em festa o espaço onde se apresenta.
Dia 24 de setembro às 11h Biblioteca Vicente PauloGuimarães

O legado de Mário de Andrade
Com Dani Lasalvia
A cantora Dani Lasalvia interpreta, entre outras, algumas canções coletadas em 1937 pela Missão de Pesquisas Folclóricas, idealizada por Mário de Andrade frente ao departamento de Cultura da Cidade de São Paulo que compõem o Acervo Histórico da Discoteca Oneyda Alvarenga do Centro Cultural São Paulo – CCSP.
Dia 24 de setembro às 11hBiblioteca Álvares de Azevedo

Maurinho de Jesus
Compositor, cavaquinista e intérprete, Maurinho de Jesus é ganhador de Sambas Enredo das escolas de samba Unidos de Vila Maria, Unidos do Peruche, Imperial, ganhou o prêmio "Estandarte de ouro" do Jornal Diário de SP como melhor samba enredo de 2007 no grupo de acesso, Camisa 12 , Tradição Albertinense, entre outras além dos sambas que disputou em outras agremiações.
Dia 23 de setembro às 14hBiblioteca Sylvia Orthof
Dia 24 de setembro às 11h - Biblioteca Monteiro Lobato 

Voz e sanfona nas bibliotecas
Com Juliana Lima 
Natural de Santo André,  Juliana possui cinco CDs e um DVD lançados. São  20 anos de carreira e mais de 350 composições. Em um show autoral, Juliana leva o melhor do forró paras as bibliotecas municipais em apresentações gratuitas.
Dia 23 de setembro às 11hBiblioteca Amadeu Amaral
Dia 23 de setembro às 14hBiblioteca Roberto Santos
Dia 24 de setembro às 13h Biblioteca Chácara Do Castelo

MÚSICA IMIGRANTE

O Música Imigrante pretende através do coletivo Sarau dos Imigrantes circular artistas das mais diferentes esferas por todas as bibliotecas, mostrando que São Paulo abriga todas as culturas do mundo. O Sarau dos Imigrantes é um projeto de Web TV criado para divulgar o trabalho de músicos de diversos lugares do mundo que escolheram o Brasil para viver. As gravações acontecem às terças-feiras das 19h às 20h, no Espaço Parlapatões, com entrada gratuita. Nos meses de julho e agosto diversos músicos de diferentes regiões do mundo se apresentaram nas bibliotecas públicas municipais. No mês de setembro, as bibliotecas receberão as seguintes atrações:

Lenna Bahule
Além de repertório autoral inspirado no interesse e pesquisa sobre a música vocal e regência alternativa, músicas folclóricas moçambicanas e africanas em geral, de uma forma bastante espontânea e performática formada pela música popular, ancestral e natural de vozes e percussão, onde o corpo também funciona como instrumento melódico, harmônico e rítmico. 
Dia 24 de setembro às 11h Biblioteca Affonso Taunay

Miguel Carbajal
Nascido no Peru, seu trabalho contempla uma continua e amplia pesquisa de material para saxofone solo, com ênfase na música folclórica e popular peruana, trabalhando com diversos compositores para manter uma linguagem musical elevada.
Dia 23 de setembro às 14hBiblioteca Cora Coralina

SAMBATECA

Em 1916, Ernesto Joaquim Maria dos Santos (Donga) compunha o “primeiro samba brasileiro”. A música “Pelo telefone” viria a fazer grande sucesso no carnaval do ano seguinte, momento em que o ritmo musical alcançou grande popularidade entre os brasileiros. Passados cem anos da obra de Donga, o samba hoje é considerado um símbolo da tradição cultural brasileira e reconhecido como Patrimônio da Humanidade. Para comemorar e homenagear o Samba e a sua história, o Sistema Municipal de Bibliotecas de São Paulo apresenta o projeto SAMBATECA, levando diversos grupos de samba para as bibliotecas públicas da cidade. As apresentações são gratuitas e sem restrições de público.

Casa Caiada - "devagar também é pressa"
“Devagar também é Pressa”, é o título do CD gravado pelo grupo em 2015.  Além das composições do disco e os clássicos do samba que levantam o público, o show também conta com o momento das marchinhas, no qual são tocadas as que mais fizeram sucesso nas redes sociais deste ano e também um encerramento com uma batucada típica das escolas de samba.
Dia 23 setembro às 11h - Biblioteca Camila Cerqueira César
Dia 23 setembro às 14hBiblioteca Clarice Lispector

Carlinhos do Cavaco
Carlinhos atua a mais de três décadas representando esse gênero musical tão marcante de nossa cultura popular. Compositor inspirado, Carlinhos vem aprimorando sua arte ao longo do tempo. Natural do bairro de Vila Maria, zona norte de São Paulo, começou como compositor em festivais de músicas e mais tarde a se apresentar nas casas noturnas da paulicéia, onde ganhou muita experiência ao interpretar e ser influenciado por grandes artistas e compositores do gênero.Como compositor suas músicas trazem de volta características do chamado samba autêntico. São letras que falam de amor, cotidiano e a paixão pelo ritmo.
Dia 23 de setembro às 14h - Biblioteca Paulo Duarte
Dia 24 de setembro às 11hBiblioteca Mário Schenberg

Samba do Cafofo
Quinzenalmente, a comunidade do Samba do Cafofo, conduz o público a participar de uma viagem musical ao universo do Samba.  A idéia do projeto é difundir e resgatar a autenticidade dos compositores da comunidade local, porém novos compositores também estão convidados a participar do projeto.  A cada edição, um convidado especial.  O público tem a chance ainda de esbarrar com o Madureira, violinista do grupo fundo de Quintal, ou às vezes com o mestre Osvaldinho da Cuíca, entre outras personalidades do mundo do samba.
Dia 23 de setembro às 11hBiblioteca Gilberto Freyre
Dia 24 de setembro às 11hBiblioteca Marcos Rey
  
Só Vendo para Crer
Grupo de Samba formado por seis integrantes com deficiência visual. No dia 03 de Dezembro - Dia Internacional da pessoa com deficiência, os seis amigos, com carreira musical independente, foram convidados para uma apresentação num Bar na região central de São Paulo. Tamanha foi a aceitação do público, que nesta data os amigos Alex, Rodrigo, Luís Carlos, Mariano, Romildo e Júlio decidiram unir-se para a formação do grupo de samba: Grupo Só Vendo para Crer.
Dia 23 de setembro às 11h Biblioteca Ricardo Ramos
Dia 24 de setembro às 11hBiblioteca Hans Christian Andersen

SARAUS


O projeto Veia e Ventania tem como objetivo levar atividades artísticas que dialogam com o universo da Literatura e do Livro para as Bibliotecas da periferia de São Paulo: os Saraus. Os encontros são feitos por grupos ou coletivos de pessoas que, por meio da mediação e mobilização das comunidades de onde são realizados, proporcionam a aproximação do público com a leitura e a literatura brasileira, criando uma experiência cultural única em seus territórios. O Projeto é uma realização da Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas em parceria com realizadores de Saraus que inclui grande programação nas diversas Bibliotecas Públicas da cidade.  Os grupos e coletivos selecionados pelo edital iniciam as apresentações no mês de setembro.  Todos os saraus são gratuitos e com indicação livre.

Sarau Poetas do Tietê
Dia 23 de setembro às 14h – Biblioteca Álvares de Azevedo

Sarau do Cravo e o Escambo Cultural
Dia 24 de setembro às 14h – Biblioteca Érico Veríssimo

Sarau Sarauê
Dia 23 de setembro às 14h - Biblioteca Malba Tahan

Sarau Verso em Versos
Dia 23 de setembro às 14h - Biblioteca Castro Alves

TEATRO


A menina que não sabia brincar
Núcleo Sem Drama com Amanda Nascimento, Denise Magalhães e Laura Rodrigues
A Menina que não sabia brincar narra história de uma menina solitária e sua amizade com um pássaro encantado que lhe ensina músicas e brincadeiras dos vários lugares do Brasil por onde ele andou. Nesta produção para crianças do Núcleo Sem Drama da Cooperativa Paulista de Teatro com texto e direção de Ana Souto, as atrizes Amanda Nascimento, Laura Rodrigues e Denise Magalhães se alternam nos instrumentos musicais e no papel de narradoras, cantoras e personagens da história, criando um espetáculo divertido que fala de viagens, amizade e aprendizagens.
Dia 23 de setembro às 11h - Biblioteca José Paulo Paes (CC Penha)
Dia 23 de setembro às 14h - Biblioteca Cassiano Ricardo
Dia 24 de setembro às 11h - Biblioteca Sérgio Buarque deHolanda

Poetinha Camará: Histórias, poemas e canções de Vinicius de Moraes 
Cia. do Fubá 
Espetáculo infantil embalado por música ao vivo e recheado de poemas. Vinicius é um garotinho apaixonado, depois de uma frustrada tentativa de compor um poema de amor, ele acaba descobrindo e nos mostrando a história de um outro Vinícius: o de Moraes. Grupo vencedor do Prêmio CPT de Melhor Espetáculo Infantil; Prêmio Zé Renato de Teatro. 
Dia 23 de setembro de 2017 às 11h - Biblioteca Hans Christian Andersen

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Destaques do fim de semana - 16 e 17 de setembro

MÚSICA: Banda Paralela, Carimbó nas Bibliotecas, Duo Siqueira Lima, Fera Neném, O legado de Mário de Andrade, Maurinho de Jesus, Voz e sanfona nas Bibliotecas, MÚSICA IMIGRANTE: Miguel Carbajal, Resostenido, SAMBATECA: Conversa de Botequim, Casa Caiada, Carlinhos do Cavaco, Samba do Cafofo, Só Vendo Para Crer, CIRCO: É nóis na xita, Palhaça Rubra, Os Tr3s Porcos, SARAU: Sarau Dos Mesquiteiros

MÚSICA

Banda Paralela
Banda Paralela
Com uma formação básica de cinco sopros e duas percussões, a Banda Paralela procura resgatar a tradição das bandas brasileiras sob um enfoque inovador. O antigo e o contemporâneo, o clássico e a vanguarda, o elaborado e o popular, o comportado e o divertido. Uma dualidade que vira coerência a partir dos arranjos criativos em cima de repertório altamente insinuante, alegre e inventivo. A irreverência e a versatilidade da atitude musical também são visíveis nos figurinos dos músicos, cujos trajes relembram os uniformes coloridos de velhas bandas com suas jaquetas militares de gala. O show da Paralela tem como principais características a descontração, o humor, o virtuosismo dos músicos e a interação com o público. 
Dia 16 de setembro às 14h Biblioteca Gilberto Freyre
Dia 17 de setembro às 11hBiblioteca Malba Tahan

Carimbolando
Carimbó nas Bibliotecas
Com Grupo Carimbolando
A apresentação do Grupo Carimbolando é uma grande brincadeira musical. O ritmo contagiante não deixa ninguém parado e as músicas falam de cenas, costumes, personagens e bichos  da região Norte. O grupo interpreta sucessos de Dona Onete, Pinduca, Mestre Lucindo e outros autores consagrados, transformando em festa o espaço onde se apresenta.
Dia 17 de setembro às 11hBiblioteca José Mauro Vasconcelos

Duo Siqueira Lima
Duo Siqueira Lima
Ganhador do Prêmio “Profissionais da Música 2015”, no Brasil, e do “Brazilian International Press Award 2014”, nos Estados Unidos, o Duo Siqueira Lima, formado pelos violonistas Cecília Siqueira e Fernando Lima, é reconhecido pelo virtuosismo técnico, perfeito entrosamento e por originais e inovadores arranjos para dois violões. Sucesso de público e de crítica, os violonistas combinam turnês no Brasil e nas principais capitais europeias, além de incursões pela Rússia e por países da América do Norte e África. São sempre bem recebidos nos principais centros musicais, teatros e salas de grande prestígio, como Lincoln Center (Nova Iorque), New World Center (Miami), Concertgebouw (Amsterdam) e Sala São Paulo (São Paulo).
Dia 16 de setembro às 11h - Biblioteca Jovina Álvares Rocha

Fera Neném
Fera Neném
A banda Fera Neném surge com um repertório autoral destinado ao público infantil (de zero a cem anos), com canções como “Rio de cocô”, “O voo do jacaré”, “Monstro banguela”, “Morfeu” e Bicho papão”. O Fera Neném é um quarteto de baby rock, quase punk, meio reggae, mais precisamente panqueca. Formada por Gustavo Cabelo (baixo e voz), Lia Biserra (voz), Pedro Gogom (bateria e voz) e Peri Pane (guitarra e voz), a banda tem influência de diversos gêneros musicais como os já citados rock’n’roll e reggae, além de baião, fado, pop e marchinhas de carnaval. O repertório é formado por canções inéditas compostas pelos próprios integrantes da banda.
Dia 17 de setembro às  14h Biblioteca Brito Broca 

Dani Lasalvia
O legado de Mário de Andrade
Com Dani Lasalvia
A cantora Dani Lasalvia interpreta, entre outras, algumas canções coletadas em 1937 pela Missão de Pesquisas Folclóricas, idealizada por Mário de Andrade frente ao departamento de Cultura da Cidade de São Paulo que compõem o Acervo Histórico da Discoteca Oneyda Alvarenga do Centro Cultural São Paulo – CCSP.
Dia 16 de setembro às 14hBiblioteca Affonso Taunay
Dia 17 de setembro às 11hBiblioteca Prefeito Prestes Maia

Maurinho de Jesus
Maurinho de Jesus
Compositor, cavaquinista e intérprete, Maurinho de Jesus é ganhador de Sambas Enredo das escolas de samba Unidos de Vila Maria, Unidos do Peruche, Imperial, ganhou o prêmio "Estandarte de ouro" do Jornal Diário de SP como melhor samba enredo de 2007 no grupo de acesso, Camisa 12 , Tradição Albertinense, entre outras além dos sambas que disputou em outras agremiações.
Dia 16 de setembro às 14hBiblioteca Vicente de Carvalho
Dia 17 de setembro às 11hBiblioteca Aureliano Leite

Juliana Lima
Voz e sanfona nas bibliotecas
Com Juliana Lima 
Natural de Santo André,  Juliana possui cinco CDs e um DVD lançados. 
São  20 anos de carreira e mais de 350 composições. Em um show autoral, Juliana leva o melhor do forró paras as bibliotecas municipais em apresentações gratuitas.
Dia 16 de setembro às 14h Biblioteca Vinícius de Moraes
Dia 17 de setembro às 11hBiblioteca Hans Christian Andersen



MÚSICA IMIGRANTE
O Música Imigrante pretende através do coletivo Sarau dos Imigrantes circular artistas das mais diferentes esferas por todas as bibliotecas, mostrando que São Paulo abriga todas as culturas do mundo. O Sarau dos Imigrantes é um projeto de Web TV criado para divulgar o trabalho de músicos de diversos lugares do mundo que escolheram o Brasil para viver. As gravações acontecem às terças-feiras das 19h às 20h, no Espaço Parlapatões, com entrada gratuita. Nos meses de julho e agosto diversos músicos de diferentes regiões do mundo se apresentaram nas bibliotecas públicas municipais. No mês de setembro, as bibliotecas receberão as seguintes atrações:

Miguel Carbajal
• Miguel Carbajal
Nascido no Peru, seu trabalho contempla uma continua e amplia pesquisa de material para saxofone solo, com ênfase na música folclórica e popular peruana, trabalhando com diversos compositores para manter uma linguagem musical elevada.
Dia 16 de setembro às 14h Biblioteca Jamil Almansur Haddad

Resostenido
• Resostenido - Pop Folk e ritmos da América Latina
Um projeto musical de Renata Espoz, cantautora chilena que mistura o pop folk com diferentes ritmos da América Latina num formato solista ou acompanhada de banda.
Dia 17 de setembro às 11hBiblioteca Cassiano Ricardo

SAMBATECA
Em 1916, Ernesto Joaquim Maria dos Santos (Donga) compunha o “primeiro samba brasileiro”. A música “Pelo telefone” viria a fazer grande sucesso no carnaval do ano seguinte, momento em que o ritmo musical alcançou grande popularidade entre os brasileiros. Passados cem anos da obra de Donga, o samba hoje é considerado um símbolo da tradição cultural brasileira e reconhecido como Patrimônio da Humanidade.
Para comemorar e homenagear o Samba e a sua história, o Sistema Municipal de Bibliotecas de São Paulo apresenta o projeto SAMBATECA, levando diversos grupos de samba para as bibliotecas públicas da cidade. As apresentações são gratuitas e sem restrições de público.

Conversa de Botequim
• Conversa de Botequim - "10 anos em 100 anos de samba"
O grupo Conversa de Botequim existe a 10 anos e uma homenagem aos centenário do gênero samba. O projeto “Numa Conversa de Botequim” é uma continuação do trabalho de pesquisa e resgate do grupo. Durante o show são apresentadas canções pouco conhecidas de Geraldo Pereira, Mauro Duarte, Eduardo Gudin, Nelson Cavaquinho, Noel Rosa e Moacyr Luz, mesclando com clássicos de Adoniran Barbosa, João Nogueira e Martinho da Vila.
Dia 16 de setembro às 11h - Biblioteca Paulo Setúbal 
Dia 16 de setembro às 14h - Biblioteca José Paulo Paes 

Casa Caiada
• Casa Caiada - "devagar também é pressa"
“Devagar também é Pressa”, é o título do CD gravado pelo grupo em 2015. Além das composições do disco e os clássicos do samba que levantam o público, o show também conta com o momento das marchinhas, no qual são tocadas as que mais fizeram sucesso nas redes sociais deste ano e também um encerramento com uma batucada típica das escolas de samba.
Dia 16 de setembro às 11h - Biblioteca Raul Bopp
Dia 16 de setembro às 14h - Biblioteca Viriato Corrêa

Carlinhos do Cavaco
• Carlinhos do Cavaco
Carlinhos atua a mais de três décadas representando esse gênero musical tão marcante de nossa cultura popular. Compositor inspirado, Carlinhos vem aprimorando sua arte ao longo do tempo. Natural do bairro de Vila Maria, zona norte de São Paulo, começou como compositor em festivais de músicas e mais tarde a se apresentar nas casas noturnas da paulicéia, onde ganhou muita experiência ao interpretar e ser influenciado por grandes artistas e compositores do gênero. Como compositor suas músicas trazem de volta características do chamado samba autêntico. São letras que falam de amor, cotidiano e a paixão pelo ritmo.
Dia 16 de setembro às 11hBiblioteca Álvares de Azevedo
Dia 17 de setembro às 11h Biblioteca Padre José de Anchieta

Samba do Cafofo
• Samba do Cafofo
Quinzenalmente, a comunidade do Samba do Cafofo, conduz o público a participar de uma viagem musical ao universo do Samba. A idéia do projeto é difundir e resgatar a autenticidade dos compositores da comunidade local, porém novos compositores também estão convidados a participar do projeto. A cada edição, um convidado especial. O público tem a chance ainda de esbarrar com o Madureira, violinista do grupo fundo de Quintal, ou às vezes com o mestre Osvaldinho da Cuíca, entre outras personalidades do mundo do samba.
Dia 16 de setembro às 11hBiblioteca Milton Santos
Dia 17 de setembro às 11h Biblioteca Jayme Cortez

Só Vendo Para Crer
• Só Vendo Para Crer
Grupo de Samba formado por seis integrantes com deficiência visual. No dia 03 de Dezembro - Dia Internacional da pessoa com deficiência, os seis amigos, com carreira musical independente, foram convidados para uma apresentação num Bar na região central de São Paulo. Tamanha foi a aceitação do público, que nesta data os amigos Alex, Rodrigo, Luís Carlos, Mariano, Romildo e Júlio decidiram unir-se para a formação do grupo de samba: Grupo Só Vendo para Crer.
Dia 16 de setembro às 11hBiblioteca Vicente Paulo Guimarães
Dia 17 de setembro às 13h Bibliotecas Chácara do Castelo

CIRCO

É nóis na xita
É nóis na xita
Grupo Namakaca
Espetáculo infanto-juvenil que mostra o convívio entre três personagens: Du Circo, Montanha e Cafi, que disputam os aplausos do público, aceitando os próprios equívocos como fonte de improvisação. Além de malabarismos, monociclos, acrobacias, equilibrismos e palhaçadas, o espetáculo é também musical, brincando com ritmos tipicamente brasileiros e instrumentos da cultura popular como cavaquinho, o pandeiro e a percussão. O espetáculo já foi apresentado mais de 800 vezes, em 24 estados brasileiros e pelo mundo afora.
Dia 16 de setembro às 11h - Biblioteca Monteiro Lobato
Dia 16 de setembro às 14h30 - Biblioteca Clarice Lispector
Dia 17 de setembro às 11h - Biblioteca José Paulo Paes

Palhaça Rubra 
Um show moderno à moda antiga, movida pela mais alta tecnologia humana. Altamente interativo, o espetáculo mistura música, humor e improviso, envolvendo a plateia em todos os momentos para criar apresentações que são sempre únicas.
Palhaça Rubra é a mestre de cerimônias dessa trupe onde todos são músicos, atletas e palhaços, combinando suas habilidades para criar e recriar esquetes clássicas e contemporâneas do circo - encantando e surpreendendo o público em qualquer espaço.
Dia 17 de setembro às 10h - Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda 

Os Tr3s Porcos
Os Tr3s Porcos 
A próxima Companhia
Três porcos procuram um lugar para construir suas casas. O conto infantil desta vez dirige-se também aos adultos e se passa na cidade, onde o espaço está cada vez mais disputado com o Lobo, o dono do lugar, que fará de tudo para obrigar os porcos a beneficiá-lo e impedir que eles atrapalhem a manutenção e a construção de seus empreendimentos.
Dia 16 setembro às 11h - Biblioteca Nuto Sant’Anna
Dia 16 setembro às 14h - Biblioteca Thales Castanho de Andrade
Dia 17 setembro às 10h30 - Biblioteca Pedro Nava

SARAU  


O projeto Veia e Ventania tem como objetivo levar atividades artísticas que dialogam com o universo da Literatura e do Livro para as Bibliotecas da periferia de São Paulo: os Saraus. Os encontros são feitos por grupos ou coletivos de pessoas que, por meio da mediação e mobilização das comunidades de onde são realizados, proporcionam a aproximação do público com a leitura e a literatura brasileira, criando uma experiência cultural única em seus territórios.

O Projeto é uma realização da Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas em parceria com realizadores de Saraus que inclui grande programação nas diversas Bibliotecas Públicas da cidade. Os grupos e coletivos selecionados pelo edital iniciam as apresentações no mês de setembro. Todos os saraus são gratuitos e com indicação livre.

Sarau dos Mesquiteiros
Sarau Dos Mesquiteiros
Dia 16 de setembro às 13h - Biblioteca Rubens Borba Alves de Moraes

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Dicas de Leitura - Homenagem a George Romero

As dicas de leitura de setembro apresentam livros com a temática zumbi em homenagem ao grande cineasta George Romero que faleceu aos 77 anos, no dia 16 de julho de 2017. A figura dos zumbis humanos ganhou destaque graças aos seus filmes, em especial duas trilogias: A Noite dos Mortos Vivos (Night of the Living Dead - 1968), Despertar dos Mortos (Dawn of the Dead - 1978), Dia dos Mortos (Day of the Dead - 1985) e Terra dos Mortos (Land of the Dead - 2005), Diário dos Mortos (Diary of the Dead – 2007), A Ilha dos Mortos (Survival Of the Dead – 2009). Romero influenciou muitos escritores e cineastas no mundo todo.  Tiago Belotti, cineasta brasileiro diretor de "A Capital dos Mortos", prestigia a carreira de George Romero em seu canal Meus Dois Centavos no Youtube. Dentre o acervo das bibliotecas públicas com a temática zumbi, selecionamos obras de Érico Veríssimo, Max Brooks, Richard Matheson, Seth Grahame-Smith e Stephen King. Boa leitura!


O cemitério – Stephen King
Louis Creed é um médico de Chicago que acredita que encontrou seu lugar em uma pequena cidade em Maine. Sua casa, o trabalho na universidade e a felicidade da família confirmam esse pensamento. Os Creed rapidamente se sentem em casa e se acomodam em seu paraíso suburbano, até que o gato da família, Churchill, é atropelado. Louis leva o gato para ser enterrado num cemitério de animais que as crianças das redondezas construíram, o "Semitério de Bichos", porém Louis enterra Churchill no cemitério indígena da tribo Micmac, e o gato acaba voltando à vida. Pouco tempo depois, a idílica vida dos Creed é esfacelada por uma tragédia brutal e em meio ao desespero, Louis faz o possível para voltar à vida normal.

Eu Sou A Lenda - Richard Matheson

A humanidade conheceu o seu fim nos últimos meses de 1975 após uma praga, vinda sabe-se lá de onde, assolar o mundo. Homens, mulheres e crianças foram infectados e se transformaram em vampiros sedentos de sangue. Dentro deste cenário pós-apocalíptico, um homem chamado Robert Neville, imune à praga, tenta sobreviver enfrentando perigos, dúvidas e a solidão.  De dia, Robert caça os mortos-vivos que se encontram adormecidos nas ruínas abandonadas da civilização, à noite, se entrincheira em sua casa. A dor da perda familiar é outro ponto bem forte no livro de Matheson que intercala momentos de total descrença com esperança e entusiasmo.

O guia da sobrevivência a zumbis – Max Brooks
Com este guia de sobrevivência, o autor desmistifica o que hoje chamamos de zumbi. Max tenta explicar detalhadamente, como se defender dos zumbis. Analisa sua fisiologia, seus comportamentos, como evitá-los, como fugir deles e quais as melhores maneiras de matá-los. Com tom sério, jornalístico e didático, chega a listar os itens necessários para uma possível fuga ou sobrevivência em lugares inóspitos... eles estão mais próximos do que nunca e sua fome é implacável

Incidente em Antares - Érico Veríssimo
Dia 11 de dezembro de 1963, greve geral na cidade de Antares. O fornecimento de luz é interrompido, os telefones não funcionam mais, os coveiros encostam as pás. Dois dias depois, uma sexta-feira 13, sete pessoas morrem, inclusive D. Quitéria, matriarca da cidadezinha. Insepultos e indignados, os defuntos resolvem agir: querem ser enterrados. Reunidos no coreto, decidem empestear com sua podridão o ar da cidade. Enquanto ninguém os enterra, porém, resolvem acertar as contas com os vivos e passam a bisbilhotar e infernizar a vida dos familiares.

Orgulho e Preconceito e Zumbis - Seth Grahame-Smith
Releitura trash do popular romance de Jane Austen. No original, a autora iniciava a saga das irmãs Bennet com o aviso “É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro, possuidor de uma grande fortuna, deve estar em busca de uma esposa.” Agora, porém, a guerreira Elizabeth Bennet, treinada nos rigores das artes marciais, está determinada a eliminar a ameaça zumbi. Até que sua atenção seja desviada pela chegada do altivo e arrogante Sr. Darcy.  As famosas passagens do texto de Jane Austen são transformadas numa deliciosa comédia de costumes. Além dos embates civilizados e repletos de cortesia entre o casal de protagonistas, há também batalhas violentas. 
 
Consulte o nosso catálogo online para saber em quais bibliotecas estão disponíveis estes e outros livros. Veja também a lista das bibliotecas pelas regiões de São Paulo.

Dicas de Leitura de 2017
: Antropologia em foco, Musicais baseados em livros, Musicais infantis baseados em livros, H. G. Wells, Nobel de Literatura, Antônio Cândido, Homenageados da Flip, Harry Potter 20 anos e Livros-brinquedo.
Outras Dicas de Leitura.