quinta-feira, 15 de abril de 2021

Oficina online "Histórias de Tradição Oral Brasileiras", com Daniel D´Andrea. Inscrições abertas

 







Essa oficina tem como objetivo fazer uma viagem pelo imaginário brasileiro representado pelos mitos, lendas, contos de encantamento, causos e demais gêneros da tradição oral.  Trabalharemos as origens, significados e repertórios valorizando os contadores tradicionais.

De 17/04 a 03/07/2021 (aos sábados das 9h30 às 12h30).

Dirigida a educadores, contadores de histórias, mediadores de leitura, estudantes, coletivos culturais e demais interessados.

 

Daniel D´Andrea é arte educador social, contador de histórias formador e pesquisador das narrativas e contadores tradicionais.

 

Inscrições abertas no link:   https://forms.gle/nJZGC7aFgA4wKcPv5

quarta-feira, 31 de março de 2021

Programação Cultural online abril 2021

Biblioteca Viva Online 2021 com Contação de Histórias, Teatro, Intervenção Artística,  LGBTQIA+ (Música), Bibliodiversidade (Cultura Popular), Povos Indígenas (Contação de Histórias), Semana de Estudo e Leitura (Contação de Histórias e Literatura), Abril pra Dançar e Mulheres Bibliotecas (Contação de Histórias e Literatura)

Veja aqui a lista de endereços dos Facebook e Instagram das bibliotecas 

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

Guerreiros e Guerreiras do mundo

Guerreiros e Guerreiras do mundo
Com Daniela Landin
O projeto é composto por cinco narrações de histórias para público infantil que apresentam contos de diversas culturas sobre guerreiras e guerreiros e seus grandes feitos, possíveis graças à coragem, à inteligência e ao manejo de seus artefatos de guerra, como arcos e flechas, espadas, bordunas, entre outros objetos, alguns mágicos e um tanto surpreendentes. Por meio dessas narrativas e a cada encontro, a contadora de histórias Daniela Landin, sempre acompanhada por um músico ou musicista, propõe uma viagem a territórios diversos e repleta de aventuras. Classificação indicativa: A partir de 5 anos. Duração: 40 min.
Formato da apresentação: Gravada
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil @danielalandin.artista
- Pequenas e pequenos guerreiros
Quem já ouviu falar sobre as icamiabas, indígenas guerreiras do Amazonas? E sobre o menino que saiu de casa e depois se tornou um grande curandeiro, em sua luta contra a doença? Conhecem as crianças que, um dia, foram capazes de enfrentar a Morte? Esta apresentação, criada pela contadora de histórias Daniela Landin e pela musicista Lua Oliveira, traz narrativas de matriz africana e ligadas a universos culturais de povos originários do Brasil, em que crianças são protagonistas de suas jornadas de luta.
Dia 1o de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Afonso Schmidt
- Mulheres vão à guerra!
Nesta narração, a contadora de histórias Daniela Landin e a musicista Letícia Cruz apresentam três aventuras de mulheres guerreiras. Da donzela que se veste de soldado e vai para o campo de batalha, passando por uma grande guerreira que simplesmente não quer mais guerrear até uma jovem que vive uma jornada cheia de desafios para salvar os irmãos, as artistas contam os feitos de mulheres que são donas dos seus próprios destinos a partir de narrativas com desfechos sempre surpreendentes.
Dia 10 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Érico Veríssimo
- Guerreiros de coração tranquilo
O que um xamã, um samurai e uma mãe têm em comum? A contadora de histórias Daniela Landin e o músico Ian partilham histórias de três guerreiros, propondo uma viagem cheia de aventura pelos continentes americano, asiático e africano.
Dia 17 de abril às 10h30 - Facebook da Biblioteca Álvares de Azevedo
- Contos de guerra nordestinos
Passeando por diferentes séculos e cidades do Nordeste brasileiro, a contadora de histórias Daniela Landin e a musicista Camila Borges convidam o público por uma viagem no tempo e no espaço, sempre na companhia de guerreiras e guerreiros que lutaram pela liberdade, pela justiça social e pela educação e entraram para a história do país.
Dia 24 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca José Mauro de Vasconcelos
- Ynari, a menina das cinco tranças
Você já descobriu a sua magia? Qual a importância das palavras na sua vida? E afinal, para quê serve a palavra “guerra”? Pensando sobre essas e outras perguntas, a menina Ynari vive uma jornada cheia de encontros e descobertas. Inspiradas pelo livro Ynari, a menina das cinco tranças, do escritor angolano Ondjaki, a contadora de histórias Daniela Landin e a musicista Moníque Salustiano apresentam a trajetória de uma menina que, entre palavras e sonhos, declara guerra à Guerra.
Dia 30 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Sylvia Orthof

Um bocado de histórias

Um bocado de histórias!
Cia Carolipa e Bartô
Segundo o dicionário, Bocado significa: o que cabe na boca. Seguindo essa brincadeira, o projeto ‘Um bocado de Histórias’ compreende algumas histórias que gostamos de contar, ouvir e compartilhar. São lendas, folclore, histórias divertidas e até histórias de assombração.Classificação indicativa: A partir de 5 anos. Duração: 40 min.
Formato da apresentação: Ao Vivo
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil @CiaCarolipaeBartô 
Histórias:
Festa no Céu
A Palavra Mágica
A Raposa e a Lebre
A Cigarra e a Formiga
A Quase Morte de Zé Malandro
Bolsinha, Bolsa e Bolsona
Par de Sapatos
Guilherme Augusto Araujo Fernandes
O Caso do Espelho
A Formiguinha
A Quase Morte do Zé Malandro
Bruxa, Bruxa, Bruxa
Dia 6 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato
Dia 8 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Dia 10 de abril às 11h - Facebook da Biblioteca Menotti Del Picchia
Dia 13 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Affonso Taunay
Dia 15 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen
Dia 17 de abril às 11h - Facebook da Biblioteca Professor Arnaldo Magalhães Giácomo
Dia 20 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Belmonte
Dia 22 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Viriato Corrêa
Dia 24 de abril às 11h - Facebook da Biblioteca Clarice Lispector
Dia 27 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Brito Broca

Meio a meio o rio que ri

Meio a meio o rio que ri
Coletivo Tresbeira
Contação de histórias a partir dos contos de Guimarães Rosa e Mia Couto. Com um formato dinâmico, as narrações são um convite intimista ao público das bibliotecas, encantam a todos e atiçam a curiosidade sobre esses dois autores.Classificação indicativa: Juvenil. Duração: 25 min.
Formato da apresentação: Gravada
Página/perfil onde será feita:Instagram transmitido pelo perfil @ColetivoTresbeira 
Dias 26, 28 e 30 de abril às 19h30 - Facebook da Biblioteca Rubens Borba Alves de Moraes

TEATRO

A Lua de Li Po
Com Liz Moura
O poeta Li Po é o nosso personagem principal. Na história ele perde a sua inspiração, vê-se incapaz de criar novas poesias. O papel em branco torna-se uma grande frustração, pois não consegue mais ser preenchido com as palavras do poeta. Li Po inicia então uma peregrinação pela sua terra natal – a China – buscando recuperar aquilo que perdeu.
Pelos lugares por onde passa o nosso poeta tem encontros surpreendentes com animais sagrados que o orientam em busca do seu caminho. Durante toda a sua caminhada, a lua aparece clara e próxima como uma companheira, mas somente quando avistá-la, no final do seu percurso, Li Po encontrará enfim o que tanto procurava. Classificação indicativa: Livre. Duração: 45 min.
Formato da apresentação: Gravada
Página/perfil onde será feita: Youtube transmitido pelo perfil de @LizMoura 
Dia 11 de abril às 15h - Facebook da Biblioteca Raimundo de Menezes

Totó, o tocador de tambor

Totó, o tocador de tambor
Com AIVU Teatro
Antônio é um menino de brilho nos olhos como qualquer outro. Um dia ele escuta o toque de um tambor numa Festa do Boi. Seu coração começa a bater no mesmo compasso. Pé com pé. Passo com passo. Ele resolve então sair em busca do seu próprio tambor. De encontro em encontro, de troca em troca, no caminho em direção ao mercado, o menino Antônio se transforma em Totó, o tocador de tambor. Classificação indicativa: Livre. Duração: 60 min.
Formato da apresentação: Gravada
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil da Biblioteca
Dia 14 de abril às 15h - Facebook da Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet
Dia 15 de abril às 14h - Facebook da Biblioteca Affonso Taunay 

INTERVENÇÃO ARTÍSTICA

Ajeum
Núcleo Ajeum
AJEUM é criar redes. Em tempo, espaço, tecnologia e fisicalidade. É colocar a mesa um alimento que vem sendo plantado e cultivado, não sozinho, mas em parceria que atravessam fissuras, atravessam pele, alcançando cada um, sua cosmogonia poética, o princípio meio e fim do corpo, todos arrebatados por uma tempestade de ambiguidades e provações, tempestades essas conhecidas como Oya. Pousa como uma borboleta e rasga como um búfalo. E eis que a brisa vem. Classificação indicativa: Livre. Duração: 90 min.
Formato da apresentação: Gravada
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil da Biblioteca
Dias 16 e 17 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Marcos Rey

LGBTQIA+ - MÚSICA

Elas que amam elas
Arô Cultura
Este trabalho foca a relação amorosa de mulheres, histórias, relatos, ilustração, audiovisual (clipes independentes) e poesias performáticas. Serão dez encontros promovendo acontecimentos inéditos e um bate-papo com as convidadas artistas LGBTQIA+ onde expressarão para além do afeto das relações, a resistência no amor diante de uma sociedade alienada, homens invasivos e política pública sem cuidado. Classificação indicativa: Livre. Duração: 60 min.
Formato da apresentação: Ao Vivo
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil da artista @LikaRosa 
Elas que amam elas convida Brisa Flow
Dia 5 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Anne Frank
Elas que amam elas convida Anna Bueno
Dia 6 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Jamil Almansur Haddad
Elas que amam elas convida Aline Maciel
Dia 7 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Jovina Rocha Álvares Pessoa
Elas que amam elas convida DJ Sarah B
Dia 8 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Milton Santos
Elas que amam elas convida Bárbara Ebert
Dia 9 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Raimundo de Menezes
Elas que amam elas convida Jaque Alves
Dia 12 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda
Elas que amam elas convida Duo Majuh
Dia 13 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Cora Coralina
Elas que amam elas convida Sabrina Lopes
Dia 14 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Vicente de Carvalho
Elas que amam elas convida Carol Hirayama
Dia 15 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Vicente Paulo Guimarães
Elas que amam elas convida Laura Conceição
Dia 16 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Vinicius de Moraes

BIBLIODIVERSIDADE - CULTURA POPULAR

Canteiro de Raiz Convida

Canteiro de Raiz Convida
Com Augusto Lúna e convidados
“Canteiro de Raiz Convida” será um encontro onde o músico e capoeirista Augusto Iúna apresentará o espetáculo musical “Canteiro de Raiz”, com repertório autoral, releituras de músicas populares ou de domínio público, com intervenções de dança de Paloma Xavier e participação da cantora Dêssa Souza, em seguida propõe-se um bate-papo com pessoas referência da cultura popular. Classificação indicativa: A partir de 14 anos. Duração: 60min.
Formato da apresentação: Gravada
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil do artista @iuna.augusto 
Convidado: Chico Porreta - Mestre de Capoeira (Taboão da Serra - SP)
Dia 1o de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Chácara do Castelo
Convidada: Edjane - Mestra de Mamulengos (Ceará)
Dia 6 de abril às 17h30 - Facebook da Biblioteca Belmonte
Convidado: Mestre Minduin - Mestre de capoeira e compositor (Itabuna - BA)
Dia 7 de abril às 17h30 - Facebook da Biblioteca Paulo Duarte
Convidada: Reis - Maria Fabrisleny e Mestra Yara - Reisado de Espadas (Juazeiro do Norte)
Dia 12 de abril às 17h30 - Facebook da Biblioteca Padre José de Anchieta
Convidada: Dona Anicide - Mestra de Batuque de Umbigada (Capivarí - SP)
Dia 13 de abril às 17h30 - Facebook da Biblioteca Thales Castanho de Andrade
Convidado: Geraldo Magela
Dia 15 de abril às 17h30 - Facebook da Biblioteca Érico Veríssimo
Convidado: Varão Angola Samba de Roda/Cantigas de Terreiros (Z/N de São Paulo)
Dia 20 de abril às 17h30 - Facebook da Biblioteca Adelpha Figueiredo
Convidado: Mestre Marrom - Mestre de capoeira (Taboão da Serra - SP)
Dia 22 de abril às 17h30 - Facebook da Biblioteca Vinicius de Moraes
Convidado: Cleydson Catarina- Brincante (Ceará/Taboão da Serra)
Dia 28 de abril às 17h30 - Facebook da Biblioteca Helena Silveira
Convidada: Irací de Castro (Lila) - Mestra de Congada (Cotia - SP)
Dia 30 de abril às 17h30 - Facebook da Biblioteca Mário Schenberg

POVOS ORIGINÁRIOS

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

Contação de Histórias indígenas com Auritha Tabajara

Contação de Histórias indígenas com Auritha Tabajara
Classificação indicativa: A partir dos 6 anos. Duração: 40 min.
Formato da apresentação: Ao vivo
Página/perfil onde será feita: Instagram transmitido pelo perfil da artista https://www.youtube.com/channel/UCMFQL93fBQYy7RCaXc8586g
- O peixe da lagoa encantada
É uma história tradicional do povo Tabajara do Ceará, contada por minha avó Francisca Gomes. Na época em que os animais podiam ensinar as pessoas na prática. Dentro do rio existia a faixa imaginária, de conhecimento de todos, os velhos anciões contavam as histórias e falavam que ninguém podia ultrapassar a faixa do segredo, mas o curumim queria descobrir e acabou encontrando apoenãn o grande peixe sábio que o levou para o fundo do rio e com o canto sagrado fez o rio secar e depois voltar como lagoa.
Dia 8 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca José Mauro de Vasconcelos
- A lenda do milho para o povo tabajara
Todas as histórias do meu repertório são tradicionais e contadas por minha avó Francisca Gomes. Quando o velho sábio pediu o grande espírito que lhes transformasse em algo bom para a sobrevivência do seu povo, ele já sabia que era a hora de voltar para a sua ancestralidade, e foi acreditando na voz do velho ancião que o povo tabajara descobriu o milho e passamos a cultivar e ser um alimento sagrado digno de festas todos os anos na época da colheita.
Dia 9 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Narbal Fontes
- A sagrada pedra encantada
Dizem os nossos velhos que a nossa aldeia era no formato de um grande sol, o nascer e o pôr do sol indicava os caminhos certos para a florestas e os rios, ninguém sai para caçar sem pedir licença ao guardião da caça nem se pode caçar em noite de lua escura, se considera traição aos animais. Os jovens queriam saber o porque não andar pela mata em noite escura e foi assim que o canto do passado da noite os levou ate a pedra grande onde eles escutaram os bichos que entraram na caverna descobriram o segredo da sagrada pedra encantada, mas com os encantos do universo não se brinca, eles ficaram lá dentro da pedra e viraram guardiões do povo Kalabaça um povo que juntou se ao povo Tabajara para fortalecer a luta.
Dia 10 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Padre José de Anchieta
- A oncinha pintada que nasceu no pescoço de kunhãtaim
Assim diz a minha avó que nossa aldeia era livre, mas a maldade do homem não indigena levou a morte de quase todos da aldeia ficando somente kunhãtaim sua oncinha e o irmão caçula que aos 12 anos resolveu sair da caverna e atravessar a floresta em busca de entender o que acontecia do outro lado e acabou saindo numa cidade que segundo os nossos sábios era a cidade comandada por um rei e foi o filho do rei, o príncipe, que viu o menino Tabajara pela primeira vez e o levou para o palácio onde o ensinou a falar português e a cuidar dos cavalos. A oncinha que nunca tinha saído do pescoço de kunhãtaim também resolveu sair e foi quando as mulheres mãe e filha apareceram na caverna e o menino chegou para buscar a irmã para casar com o príncipe, e as mulheres tiraram os olhos de kunhãtaim, soltaram sega na mata, a oncinha lhe encontra e juntam vão salvar o irmão que estava preso com 500 kg de ferros sobre sua cabeça por ter mentido para o príncipe. Salvam e voltam para a aldeia.
Dia 15 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Sylvia Orthof
- O menino Jurecê
Jurecê era um curumim que nasceu com a missão de curar, mas precisava descobrir sua missão ao longo da vida, como ele gostava muito de observar a natureza se tornou o melhor amigo de arubá, uma borboleta linda de asas coloridas. Os amigos conversavam, brincavam e juntos descobrem os segredos da floresta, um dia Jurecê precisou colocar em pratica a sua missão é curar todos na aldeia e foi observando os raios do sol que ele descobriu que as cores das asas de arubá e os raios do sol tinha uma grande semelhança e assim Jurecê se tornou um grande sábio pajé da aldeia povo Tabajara.
Dia 16 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Nuto Sant’Anna
- O olho d'água do pajé
Essa história é uma das histórias mais conhecidas na região, o olho d'água do pajé é de onde abastece toda a cidade de Poranga onde fica a aldeia umburana e todos os municípios. Antigamente aqui era uma região seca os tabajara comiam somente os frutos das épocas e bebiam água das raízes o velho pajé foi ate o mar de Fortaleza levando uma coité encheu de água do mar as cinco horas da manhã e voltou caminhando 400 km até a aldeia enterrou a coité após o ritual , depois de um tempo o velho pajé morreu ali no mesmo cantinho e foi assim que nasceu o olho d'água do pajé, as plantas que nascem ao redor são medicinais, muita gente consegue vê os encantados que aparecem por lá.
Dia 17 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Raul Bopp
- A lição do cavalo da cachorra e do cavador
Nós tabajara não trabalhamos em dias de domingo, fins de semanas é para festas. Conta minha avó que na aldeia tinha um homem que só arrancava mandioca e fazia farinha dia de domingo. Os mais velhos sempre o aconselhavam, mas ele não ouvia, até que um dia o cavalo deu uma bronca nele a cachorra foi a favor e o cavador pediu que não queria machucar ninguém.
Dia 22 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Roberto Santos
- A Sabedoria da Onça e o Lobo Guará
Conta a sábia minha avó que existia uma época em que não se podia atravessar a floresta depois das dezoito horas, porque o lobo guará comia a pessoa, mas um jovem viajante que não conhecia a região estava procurando uma velha senhora curandeira e precisava atravessar a floresta, como já estava tarde ele passou na casa de uma outra anciã e contou a história ,a velha anciã lhe aconselhou a pernoitar, ele não quis .Mas como a onça sabia que ele não queria maltratar nenhum dos animais, o protegeu do lobo guará.
Dia 23 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Camila Cerqueira César
- A noite e o fogo sagrado
História rimada em literatura de cordel autor Auritha Tabajara. Os ensinamentos de uma mãe através das histórias contada na noite escura na luz do fogo sagrado e como os animais também gostam de ouvir histórias assim como o gato do mato que veio ouvir, aprendeu que a noite e o fogo são sagrados.
Dia 24 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Alceu Amoroso Lima
- A árvore do cajú
O caju é a fruta usada para fazer a nossa bebida sagrada mocororó e nessa história vamos entender porque o pajé sempre fumava seu cachimbo embaixo do cajueiro foi através daquela fumaça do cachimbo subindo em direção ao azul do universo que sua ancestralidade lhe ensinou a fazer o mocororó.
Dia 30 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet

SEMANA DE ESTUDO E LEITURA

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

Histórias da Rua das Casas Pequenas

Histórias da Rua das Casas Pequenas
Com Liz Moura
Uma casa é feita de paredes, portas, janelas, mobília, família, silêncio e saudade. As casas de Andersen vão além, são feitas de muitas histórias. Histórias da Rua das Casas Pequenas, uma narração de histórias inspirada nos contos escritos por Hans Christian Andersen. São cinco pequenas casas que compõem uma rua, em cada casa mora uma história, ao abrir cada porta, vamos conhecer a história de amor entre um soldadinho de chumbo e uma bailarina, a aventura da pastora e o limpador de chaminés, a descoberta do mundo pelos olhos de cinco ervilhas e muitas outras histórias.Classificação indicativa: A partir de 5 anos. Duração: 30 min.
Formato da apresentação: Ao vivo
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil @LizMoura
A casa antiga / A chave da porta
Dia 2 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen
O traje novo do imperador / A agulha de cerzir
Dia 5 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Gilberto Freyre
O patinho feio / A campânula branca
Dia 6 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Lenyra Fraccaroli
A princesa e a ervilha / Cinco ervilhas numa vagem
Dia 7 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Paulo Setúbal
O firme soldadinho de chumbo / Os namorados
Dia 8 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet
A pastora e o limpa-chaminés / Os dias da semana
Dia 9 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Ricardo Ramos
O rouxinol / O Jardineiro e o senhor
Dia 12 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Cassiano Ricardo
A menina dos fósforos / O menino mau (Gravado com tradução em LIBRAS)
Dia 14 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Adelpha Figueiredo
A filha do rei da lama / A mãe sabugueiro
Dia 16 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Aureliano Leite
O colarinho postiço / Guardado não é esquecido / A margarida
Dia 19 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato

ABRIL PRA DANÇA

Performances Folayan e Roda de Conversa Virtual

Performances Folayan e Roda de Conversa Virtual
Coletivo de Sonhos
O projeto visa apresentar performances do espetáculo Folayan - Andar com Dignidade: Negro Sim, Negro Sou. Um trabalho de dança criado para refletir sobre a importância do negro na sociedade. Para além do racismo, busca-se enaltecer e potencializar a cultura negra através de múltiplas linguagens: dança, canto, percussão, poesia e depoimentos dos intérpretes-criadores que sensibilizam para uma vida com dignidade. Após o espetáculo haverá uma roda de conversa virtual com o elenco e o público participante. Classificação indicativa: A partir de 10 anos. Duração: 60 min.
Formato da apresentação: Gravado
Página/perfil onde será feita: Youtube transmitido pelo perfil @ColetivoSonhos 
Temática: Dança e Ancestralidade
Dia 1o de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Adelpha Figueiredo
Temática: Relações entre Dança Contemporânea e Negritude
Dia 3 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Paulo Duarte
Temática: Narrativas Negras na Dança
Dia 9 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Nuto Sant’Anna
Temática: Dança e Artes Integradas
Dia 10 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Temática: Projeto Negritude na Pandemia
Dia 15 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Castro Alves

Contação de histórias dançantes

Contação de histórias dançantes
Coletivo de Sonhos
Por meio da arte educação para as relações étnicos raciais, desejamos que crianças e adolescentes
reflitam sobre outros imaginários possíveis a partir da literatura negra brasileira. Nossas contações de histórias dançantes são baseadas em livros de autores e pesquisadores negr@s com experiência em literatura infanto-juvenil, tais como: Kiusam de Oliveira, Rodrigo França, Renato Nogueira e Emicida. Classificação indicativa: A partir de 5 anos. Duração: 60 min.
Formato da apresentação: Gravado
Página/perfil onde será feita: Youtube transmitido pelo perfil @ColetivoSonhos
Contação baseada no livro AMORAS - Autor: Emicida
Dia 16 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Afonso Schmidt
Contação baseado no livro NANA E NILO - Autor: Renato Noguera
Dia 17 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Pedro Nava
Contação baseada no livro O PEQUENO PRÍNCIPE PRETO - Autor: Rodrigo França
Dia 23 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Jayme Cortez
Contação baseada no livro AMORAS - Autor: Emicida
Dia 25 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Brito Broca
Contação baseada no livro O PEQUENO PRÍNCIPE PRETO - Autor: Rodrigo França
Dia 30 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato

MULHERES BIBLIOTECAS

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

As meninas do conto: As Histórias que ELAS contam

As Histórias que ELAS contam
As meninas do conto
Neste encontro o grupo As Meninas do Conto reuniu histórias tradicionais onde as mulheres são as protagonistas que percorrem caminhos e enfrentam o desconhecido como verdadeiras guerreiras e heroínas. Estas histórias serão entremeadas por poesias de Cecília Meireles e Cora Coralina, mulheres que inundam nossas vidas com o encanto e a graça das coisas simples: sonhos, flores, doces, bailarinas e resmungos de velhinhas fazendo nhem-nhem-nhem-nhem-nhem-nhem... A narração será realizada por Simone Grande acompanhada pela musicista Lívia Golden, que juntas vão contar e cantar estas belezas. Classificação indicativa: a partir de 5 anos Duração: 45 min.
Formato da apresentação: Ao Vivo
Página/perfil onde será feita:Facebook transmitido pelo perfil @asmeninas.doconto
Dias 15 e 18 de abril às 15h (atualizado) - Facebook da Biblioteca Prefeito Prestes Maia

LITERATURA

Poesia feminina
Com César Obeid
O poeta César Obeid criará poemas e realizará a leitura para as bibliotecas municipais com nomes de mulheres. Também fará versos de improviso (falado e ao som da viola) interagindo com os convidados presentes.Classificação indicativa: A partir de 10 anos. Duração: 60 min.
Formato da apresentação: Ao vivo
Página/perfil onde será feita: Youtube transmitido pelo perfil de @CesarObeid
Dia 4 de abril às 10h - Facebook da Biblioteca Prefeito Prestes Maia

Programação Cultural online abril 2021 - Acessível em Libras

Semana de Estudos e Leituras, com Literatura e Contação de Histórias

Veja aqui a lista de endereços dos Facebook e Instagram das bibliotecas 

SEMANA DE ESTUDO E LEITURA

LITERATURA 

Livros na minha casa

Livros na minha casa
Cia. Circo de Trapo
O mediador de leitura e autor Marco Antonio Ponce traz histórias e poesias através dos livros infantis. Entre um livro e outro são apresentadas brincadeiras com letras, palavras e canções inspiradas na infância. A apresentação virtual conta com tradução simultânea em libras e gera gosto pela leitura de forma prazerosa e livre de obrigações. Classificação indicativa: A partir de 2 anos. Duração: 50 min.
Formato da apresentação: Ao Vivo. Acessibilidade: Libras
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil @CircodeTrapo 
Dia 16 de abril às 18h - (atualizado) Facebook da Biblioteca Mário Schenberg
Dia 5 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Camila Cerqueira César
Dia 6 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Clarice Lispector
Dia 7 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Álvares de Azevedo
Dia 8 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Álvaro Guerra
Dia 9 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Brito Broca
Dia 12 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Jayme Cortez
Dia 13 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Menotti Del Picchia
Dia 14 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Narbal Fontes
Dia 15 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca InfantoJuvenil Monteiro Lobato

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

SANKOFA: VOLTAR, BUSCAR E TRAZER!

SANKOFA: VOLTAR, BUSCAR E TRAZER!
Com Alline Santana
Muitas histórias, diversão e uma viagem pela nossa cultura, ao todo são 10 apresentações diferentes que nos convida a conhecer lugares diferentes e a nossa cultura num exercício movido à afeto e aprendizado. Interpretado pela atriz e contadora de histórias Alline Santana e convidados que misturam a fantasia com música e a troca de saberes utilizando instrumentos e objetos construídos de forma sustentável e que ajudam a narrar histórias incríveis. Todas as histórias possuem um título literário como base e contam com a tradução em LIBRAS.Classificação indicativa: A partir de 3 anos. Duração: 45 min.
Formato da apresentação: Gravado.Acessibilidade: Libras
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil respectivo de cada Biblioteca
TERREIRO NOSSO: QUINTAL ANCESTRAL
Dona Gertrudes abre a porta de sua casa e nos apresenta seu quintal. Um Terreiro cheio de sementes, flores, frutos, folhas e chão pisado, onde cada muda tem sua história.
Dia 12 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Paulo Duarte
RIO DE CONTAS
Duas crianças se encontram na estrada, uma está se mudando do sertão para cidade, a outra, da cidade para caatinga. Nesse encontro há muita prosa, música, saudade e curiosidade de quem quer entender para onde está indo: A cidade é igual ao sertão? A caatinga é igual a cidade?
Dia 13 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Viriato Corrêa
HISTÓRIAS DE ONÇA
A narrativa "Histórias de onça" é uma adaptação da obra de Ruth Guimarães, onde personagens (animais, insetos e ser humano), com seus diferentes saberes e habilidades, se organizam de forma a dobrar a poderosa caçadora, enganando e fugindo das garras do felino.
Dia 14 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Prefeito Prestes Maia
VÁ TE EMBORA
"Vá te embora, que quero brincar" conta a história Ikini e Alara, duas crianças gêmeas, que com muita brincadeira, se lançam na aventura de libertar seu povo das armadilhas mortais "daquele que não se pode pronunciar o nome".
Dia 15 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Roberto Santos
MAMA ÁFRICA
Mama África narra a história de Agbara, uma mãe que precisa mandar mensagens para sua filha, mas não sabe se comunicar com as palavras escritas, então cria uma linguagem materna para se expressar.
Dia 16 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Chácara do Castelo
DESAGUAR
"Desaguar" apresenta Auí e suas irmãs, que tentam acalmá-la do medo do escuro, da noite, do sono e dos sonhos. Cantando cantigas e contando histórias de água, para fazer a pequena Auí descansar um pouco e parar de chorar. Será que elas conseguirão?
Dia 19 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Amadeu Amaral
CIRCO DE BOLHA
Respeitável público o "Circo Bolha de sabão" chegou! E quando o circo ocupa uma comunidade, tudo se move ao seu redor. Pois, o circo é uma beleza mambembe, ligeira e suspensa, como a bolinha de sabão. Querem ver?
Dia 20 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Castro Alves
A VOLTA QUE O MUNDO DEU
O último dia de apresentação do "Circo bolha de sabão" na comunidade. É hora de desmontar a lona, traçar a nova rota e seguir adiante. Quem vai? Quem fica? Todos levam e deixam algo.
Dia 21 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Malba Tahan
O POVO QUE ESCUTAVA LONGE
"O povo que escutava longe" narra a história de Yeté, curumim que aprende com seus familiares e parentes como colocar o ouvido na Terra e escutar quem se aproxima, para assim, estar pronto para o que vier.
Dia 22 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Raul Bopp
SILÊNCIA
"Silência: a palhaça sem voz" é uma saga divertida e lúdica pelo mundo do silêncio e das palavras. Como se aprende a falar? É a pergunta que move e envolve Silência e o mundo que a cerca.
Dia 23 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Marcos Rey

Histórias da Rua das Casas Pequenas

Histórias da Rua das Casas Pequenas
Com Liz Moura
Uma casa é feita de paredes, portas, janelas, mobília, família, silêncio e saudade. As casas de Andersen vão além, são feitas de muitas histórias. Histórias da Rua das Casas Pequenas, uma narração de histórias inspirada nos contos escritos por Hans Christian Andersen. São cinco pequenas casas que compõem uma rua, em cada casa mora uma história, ao abrir cada porta, vamos conhecer a história de amor entre um soldadinho de chumbo e uma bailarina, a aventura da pastora e o limpador de chaminés, a descoberta do mundo pelos olhos de cinco ervilhas e muitas outras histórias.Classificação indicativa: A partir de 5 anos. Duração: 30 min.
Formato da apresentação: Gravado. Acessibilidade: Libras
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil @LizMoura
A menina dos fósforos / O menino mau
Dia 14 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Adelpha Figueiredo

Programação Online da Biblioteca Hans Christian Andersen - Abril 2021

Contações de Histórias, Oficinas #NAHANS, Sábados nas Nuvens da Hans com contações, Teatro, lançamento de livros e Sarau.

 CONTAÇÕES DE HISTÓRIAS NO FACEBOOK DA BIBLIOTECA

Aniversário de Hans Christian Andersen
História da rua das casas pequenas
Uma casa é feita de paredes, portas, janelas, mobília, família, silêncio e saudade. As casas de Andersen vão além, são feitas de muitas histórias. Histórias da Rua das Casas Pequenas, uma narração de histórias inspirada nos contos escritos por Hans Christian Andersen. São cinco pequenas casas que compõem uma rua, em cada casa mora uma história, ao abrir cada porta, vamos conhecer a história de amor entre um soldadinho de chumbo e uma bailarina, a aventura da pastora e o limpador de chaminés, a descoberta do mundo pelos olhos de cinco ervilhas e muitas outras histórias. Classificação indicativa: a partir de 5 anos. Duração: 30 min.
Dia 2 de abril às 16h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Quartas na Hans com Pagu

Quartas com Hans e Pagu: dias 7, 14, 21 e 28 de abril às 17h (Quarta) * com Paula Pagu apresenta  Ao Vivo histórias de Hans Christian Andersen, uma conhecida e outra pouco conhecida do público. - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Tricotando Palavras & Canções
Apresentam histórias da tradição oral que envolvem matrizes culturais brasileiras, como a indígena e a africana, que compõem o imenso repertório folclórico e popular brasileiro, através de um espetáculo interativo e dinâmico, entrelaçando narrativas e canções. Classificação indicativa: Livre. Duração: 50 min. Formato da apresentação: Ao vivo
Dia 9 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Sexta Félix Grimm (Live)
Contos dos irmãos Grimm
Do litoral, Tatiana Félix traz histórias pouco conhecidas dos Irmãos Grimm.
Dias 9, 16, 23 e 30 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Contação de Histórias: Contos Persas apresentados por Factima El Samra, com participação especial de Arash Azadeh
Dia 17 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Meio a meio o rio que ri (live 2)
Coletivo Tresbeira
Contação de histórias a partir dos contos de Guimarães Rosa e Mia Couto. Com um formato dinâmico, as narrações são um convite intimista ao público das bibliotecas, encantam a todos e atiçam a curiosidade sobre esses dois autores.Classificação indicativa: Juvenil. Duração: 25 min.
Página/perfil onde será feita: Instagram transmitido pelo perfil @ColetivoTresbeira 
Dia 29 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

OFICINAS #NAHANS

Oficina: O Trilhar Das Histórias

Oficina: O Trilhar Das Histórias
Com Vanessa Meriqui
A oficina trará abordagem sobre como, por meio da oralidade, as histórias começaram a ser registradas ao longo dos séculos, quais as diversas formas de narrativas, seu impacto sobre a Humanidade. O objetivo é oferecer ferramentas, principalmente a professores e arte-educadores, para entender o impacto de uma história sobre os alunos.Duração: 60 min. (30 VAGAS). Inscrições AQUI
Dias 12, 13, 14 e 15 de abril às 18h30 - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Oficina: Mediação De Leitura

Oficina: Mediação De Leitura
Com Drika Nunes
Uma oficina para quem gosta de ler e compartilhar histórias. Drika é experiente e vem com uma grande bagagem na área de contação de histórias e toda a sua pesquisa com a palavra. (30 VAGAS). Inscrições AQUI
Dia 15 de abril às 14h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Oficina: Musicalização e Sonoplastia para Contações de Histórias

Oficina: Musicalização e Sonoplastia para Contações de Histórias
Com Giuliano Del Sole. (30 VAGAS) -*
O objetivo principal da oficina é realizar a integração das linguagens artísticas: música e narração de histórias. Criar sonorizações para histórias, sentir a sonoplastia e contar e acompanhar histórias abrangendo todas as formas sonoras - música, ruídos e fala, para estabelecer uma linguagem através de signos e significados.
Inscrições pelo email: bibliotecahans@gmail.com
Transmissão pela plataforma GoogleMeet
Dias 28 e 29 de abril às 19h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

*Confira também as Oficinas de Teatro na Biblioteca Hans Christian Andersen

Clube de Leitura Secreto dos Bibliotecários
Leitura do livro de Torto Arado de Itamar Vieira Júnior * para celebrar o Dia Mundial do Livro 10 vagas *
Inscrições pelo email: bibliotecahans@gmail.com
Transmissão pela plataforma GoogleMeet
Dia 22 de abril às 20h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor (live)
Bate-papo com Grace Kelli, idealizadora do Projeto Escritores Mirins e escritores mirins que participaram da 1ª. edição.
Saiba mais: https://guismofews.com.br/concursos/
Dia 23 de abril às 18h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Abertura da 1a. Jornada Fotográfica Virtual da Biblioteca Pública Hans Christian Andersen e SENAC Tatuapé - Possibilidades ilimitadas do livro e da leitura: uma jornada fotográfica de criatividade e imaginação

SÁBADOS NAS NUVENS DA HANS

Contação de Histórias
Com Natália Santos "Me conta um conto te faço um ponto"
Dia 3 de abril às 15h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Teatro Infantil - A Lua de Li Po
Direção: Valter Valverde / Idealização: Liz Moura
O poeta Li Po é o nosso personagem principal. Na história ele perde a sua inspiração, vê-se incapaz de criar novas poesias. O papel em branco torna-se uma grande frustração, pois não consegue mais ser preenchido com as palavras do poeta. Li Po inicia então uma peregrinação pela sua terra natal – a China – buscando recuperar aquilo que perdeu.
Pelos lugares por onde passa o nosso poeta tem encontros surpreendentes com animais sagrados que o orientam em busca do seu caminho. Durante toda a sua caminhada, a lua aparece clara e próxima como uma companheira, mas somente quando avistá-la, no final do seu percurso, Li Po encontrará enfim o que tanto procurava. Classificação indicativa: Livre. Duração: 45 min.
Formato da apresentação: Gravada
Página/perfil onde será feita: Youtube transmitido pelo perfil de @LizMoura 
Dia 10 de abril às 15h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Show da Banda Cosmoceânica
Uma banda que leva alegria e diversão por onde passa! Além de músical, ela também é bem cênica, tornando tudo lúdico, leve e contagiante. Classificação indicativa: Livre. Duração: 40 min.
Formato da apresentação: Ao vivo
Página/perfil onde será feita: Facebook transmitido pelo perfil @cosmoceanica
Dia 17 de abril às 10h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Lançamento de Livro (Live)
Bate-papo com Renata Rossi, Isabella Trajano e Aline Gongora sobre o livro “Seu plano era cruzar o oceano”, editora Amélie
Dia 17 de abril às 15h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Sarau de Histórias: O Conto que me conta (Live)
Encontro de contadoras de histórias participantes da inesquecível oficina ministrada por Tininha Calazans nas Bibliotecas Públicas Municipais.
Dia 24 de abril às 17h - Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen

Programação Online da Biblioteca Brito Broca - Abril 2021

No trem da imaginação, Viajando na leitura, Nas estantes da biblioteca...Trilogia sexo São Paulo e O que a Filosofia tem a dizer sobre a Liberdade?

No trem da imaginação

No trem da imaginação
Dicas Literárias 1ª Infância
Recheado de dicas de leitura para aquecer a alma, provocar risos, questionar paradigmas e divertir, desde crianças pequenas até crianças grandes. Conta com uma breve sinopse de um livro para a infância e as impressões, sentimentos e emoções que a história pode despertar, tanto em crianças quanto em adultos.
Segundas-feiras às 11h - Instagram da Biblioteca Brito Broca e Facebook da Biblioteca Brito Broca

Viajando na Leitura

Viajando na leitura
Mediação de Leitura
Visa à leitura de contos e trechos de livros infantojuvenis e adultos para os mais diversos públicos, bem como interagir com ele. Proposta construída pela equipe de profissionais da Biblioteca Brito Broca para aproximar o leitor das obras que têm no acervo das Bibliotecas do Sistema Municipal de Bibliotecas. LIVES
Terças-feiras às 16h - Instagram da Biblioteca Brito Broca e Facebook da Biblioteca Brito Broca

Nas estantes da biblioteca...

Nas estantes da biblioteca...
Dicas Literárias
Nas estantes da Biblioteca, encontramos os mais diversos livros, com seus mundos, pessoas, culturas... Então, com o objetivo de divulgar os livros disponíveis para empréstimo, apresentamos motivos para a leitura.
Quartas-feiras às 11h - Instagram da Biblioteca Brito Broca e Facebook da Biblioteca Brito Broca

Trilogia sexo São Paulo

Trilogia sexo São Paulo
Roda de Leitura
Com a poeta Natália Nolli Sasso
A partir das poesias publicadas em seu mais recente livro, sexo estranho com desconhecidos em lugares impróprios (Selo Libertária, 2020), a autora conversará com as participantes, sob mediação da educadora Ana Meira. Temas como eróticas femininas e feministas estarão em pauta, permeadas por trechos do livro escolhido para a roda.
As participantes serão convocadas a lerem e dizerem poesias eróticas presentes no livro também, numa atividade virtual para conversas, trocas, e participação ativa das inscritas. Classificação indicativa: 18 anos | Mulheres cis e trans.
Em breve, divulgaremos mais informações sobre o link de inscrição para participação e de outros materiais on-line.
Dia 14 de abril às 20h - Instagram da Biblioteca Brito Broca e Facebook da Biblioteca Brito Broca

O que a Filosofia tem a dizer sobre a Liberdade?

O que a Filosofia tem a dizer sobre a Liberdade?
Filosofia
Mediadores: Integrantes do Coletivo Autônomo dos Estudantes de Filosofia
C.A.E.F. (Docentes e Discentes em Filosofia e demais Ciências Humanas).
O Coletivo Autônomo dos Estudantes de Filosofia - CAEF por meio de seu Grupo de Estudos de Filosofia e Atualidades o GEFA, juntamente com a Biblioteca Brito Broca promovem no sábado, dia 24/04/2021 às 16:00 horas, o encontro mensal de introdução aos clássicos da História da Filosofia.
Os encontros do Grupo de Estudos de Filosofia e Atualidades - GEFA, trazem a possibilidade de realizar a introdução e assimilação dos pensamentos de várias filósofas e filósofos clássicos e ocorrem uma vez por mês, sempre aos sábados com horários pré agendados e realizados por uma mediadore diferente.
Neste referido encontro, será abordado e discutido o conceito da Liberdade na História da Filosofia e na atualidade, quais seus desdobramentos e consequências na vida das pessoas e principalmente o que significa esse conceito para diversos filósofes,
Dia 24 de abril às 16h - Instagram da Biblioteca Brito Broca e Facebook da Biblioteca Brito Broca

Bate-Papo Literário com Natália Nolli Sasso

 

Bate-papo | Literatura erótica
Como podem ser as literaturas escritas por mulheres? E as eróticas escritas por autoras?
A partir de sua experiência como autora dos livros de poesia erótica "Ninfas do Tietê" (2018), e "sexo estranho com desconhecidos em lugares impróprios" (2020), a poeta irá conversar sobre escritas, leituras e modos de criar pontes entre grafias e poéticas feministas. A proposta é abrir para perguntas, trocas, conversas e debates entre participantes.

Com Natália Nolli Sasso
Atividade para mulheres cis e trans. Classificação indicativa: Maiores de 18 anos. Duração: 1h30

Esta atividade é parte do projeto viabilizado via ProAc Poesia – Governo do Estado de São Paulo e resultado da realização da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa junto à Biblioteca Cora Coralina (Temática Feminina).